Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

14 Janeiro de 2018 | 14h12 - Actualizado em 14 Janeiro de 2018 | 14h12

África: Mais de 150 imigrantes são resgatados na costa espanhola

Málaga (Espanha) - Mais de 150 imigrantes subsaarianos e norte-africanos que viajavam a bordo de seis embarcações precárias foram resgatados sábado, na costa do sul da Espanha, indicou o Salvamento Marítimo.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Espanha: Migrantes e refugiados com mantas de sobrevivência (foto de arquivo)

Foto: ANDREAS SOLARO

Segundo o órgão em sua conta no Twitter, a maioria dos imigrantes foram levados ao porto andaluz de Málaga, aonde chegaram dois grupos durante a tarde.

Eles foram atendidos pela equipe da Cruz Vermelha, que lhes ofereceu cobertores para se protegerem do frio.

Outros 32 imigrantes subsaarianos desembarcaram em Almería, 200 quilómetros a leste de Málaga, informou à AFP um porta-voz.

O Salvamento Marítimo espanhol, com apoio de uma aeronave da agência europeia de guarda costeira Frontex, resgatou, na área do Estreito de Gibraltar, três pequenos botes inflamáveis que levavam 13 imigrantes, seis deles menores de idade.

Todos foram levados ao posto de Tarifa, situado a 14 quilómetros da costa marroquina, de acordo com o Salvamento Marítimo.

Ao todo, 154 imigrantes foram resgatados neste sábado.

Assuntos África  

Leia também
  • 12/01/2018 09:34:44

    Agenda Africana

    Luanda - O Desk África da redacção internacional prevê noticiar nesta sexta-feira entre outros assuntos os seguintes:

  • 11/01/2018 10:41:31

    África: Guerras levam ao declínio da vida selvagem no continente - estudo

    Lisboa - A guerra tem sido durante décadas um factor consistente no declínio de grandes mamíferos nas áreas protegidas em África, mas a extinção raramente aconteceu e a recuperação é possível, segundo um estudo publicado quarta-feira na revista Nature.

  • 10/01/2018 09:25:08

    Agenda Africana

    Luanda - O Desk África da redacção internacional pretende noticiar nesta quarta-feira, entre outros assuntos, os seguintes: