Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

10 Julho de 2019 | 16h42 - Actualizado em 10 Julho de 2019 | 16h42

Cólera afecta 28 pessoas em três dias no Burundi

Bujumbura - Pelo menos 28 pessoas foram atingidas por um surto de cólera desde domingo, segundo os serviços de saúde em Rugombo, província de Cibitoke (noroeste do Burundi), informou hoje o Colectivo de Jornalistas Independentes SOS-Media Burundi, citando uma fonte médica.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Bandeira do Burundi

Foto: Divulgação

"Entre as pessoas afectadas, 24 são provenientes da zona de Ndava, um caso na comuna de Buganda, dois casos na colina Gitumba da comuna de Mugina e um caso na colina Rusiga na mesma comuna", precisou o director do distrito sanitário de Cibitoke, Célestin Ndayavuga,.

Nenhuma morte foi relatada.

"O hospital continua a desinfectar os domicílios de onde vêm os pacientes com a ajuda da Cruz Vermelha do Burundi", acrescentou, antes de apelar à administração para sensibilizar a população sobre a importância da higiene.

Em Junho, pelo menos 12 casos de cólera foram registados na cidade de Bujumbura e na província de Cibitoke, de acordo com o balanço estabelecido pelo ministério da Saúde.

O ministério enumerou também 142 casos de cólera em Junho na província de Rumonge, no sul do país.

No Burundi, a cólera é particularmente endémica ao longo do Lago Tanganica e na planície ocidental de Rusizi.

Em 2013, dos 936 casos de cólera notificados nas províncias de Bubanza e Cibitoke (oeste) e Makamba (sul), 17 pessoas morreram vítimas desta epidemia.

Segundo as autoridades sanitárias, a cólera tornou-se quase endémica na planície de Imbo devido à falta de água potável. Isto leva os habitantes do Lago Tanganica a consumir a água insalubre do lago.

Assuntos Burundi  

Leia também