Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

25 Junho de 2020 | 13h31 - Actualizado em 25 Junho de 2020 | 12h35

Marinheiros sul-coreanos sequestrados ao largo do Benim

Seul - Um grupo de piratas a bordo de uma embarcação de pesca sequestraram cinco marinheiros sul coreanos e um ganês que se encontravam num navio com pavilhão do Gana ao largo do Benim, disse hoje a diplomacia da Coreia do Sul.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Bandeira da Coreia do Sul

Foto: Divulgação

De acordo com o Ministério dos Negócios Estrangeiros da Coreia do Sul e o International Maritime Bureau (IMB) o navio 'Le Panofi Frontier' com 30 pessoas a bordo foi atacado a 60 milhas náuticas (110 quilómetros) a sul de Cotonou.

A diplomacia sul coreana especificou que cinco marinheiros da Coreia do Sul e outro do Gana foram sequestrados.

"A identidade dos sequestradores ainda não foi determinada assim como o local onde se encontram", indicou hoje o Ministério dos Negócios Estrangeiros de Seul.

O IMB, que depende da Câmara de Comércio Internacional, confirmou o ataque por "piratas armados".

"Todos os navios devem manter medidas de vigilância contra a pirataria mesmo quando estão ancorados", refere o alerta que consta do último boletim do organismo internacional.

Trata-se do primeiro ataque depois da libertação de oito tripulantes de um navio porta contentores pirateado ao largo de Cotonou em Maio.

O Golfo da Guiné e em particular a costa do Benim tem sido uma zona particularmente atingida por actos de pirataria, sequestros e ataques contra navios da marinha mercante.

Assuntos Benin  

Leia também