Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Ambiente

13 Junho de 2018 | 16h46 - Actualizado em 13 Junho de 2018 | 16h46

Ministra quer nova dinâmica no sector do Ambiente

Luanda - A ministra do Ambiente, Paula Francisco, defendeu hoje (quarta-feira) uma nova dinâmica de trabalho no sector, tendo em vista a descentralização dos serviços públicos que irão resultar das autarquias previstas para 2020.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Ministra do Ambiente, Paula Francisco

Foto: Joaquina Bento

Falando na abertura do Conselho consultivo Alargado deste pelouro, que decorre em Luanda sob o lema "Rumo à Sustentabilidade Ambiental", a governante destacou a necessidade de criação de um mecanismo de diálogo por parte dos directores nacionais e provinciais do Ministério do Ambiente, visando o processo gradual de autarquias que o Executivo tem estado a preparar.

Segundo ela,  a descentralização dos serviços públicos exige preparo e interacção para a  recolha de informações e trilhagem de uma nova fase, adequando os serviços públicos.

Por seu lado, o director nacional do Ambiente, Nascimento Soares, apontou as alterações climáticas e o saneamento da gestão de resíduos como as grandes preocupações desta nova fase.

"Os resíduos podem ser transformados em riquezas, mas para tal é necessária a sua redução, de forma significativa, com vista a mitigação da poluição atmosférica", frisou.

Existem ainda pessoas afectadas por calamidades naturais, poluição das águas e dos solos, o que representa desafio da qualidade ambiental.

O Conselho Alargado do Ministério do Ambiente decorre até ao dia 14 deste mês com apreciações de relatórios e contribuições, com realce para O Fundo Global para o meio Ambiente, Planifificação Financeira dos Projectos e Plano de Desenvolvimento do sector Ambiente 2018.

Assuntos Ambiente  

Leia também
  • 03/02/2019 16:33:37

    Tempo em Angola

    Luanda - O Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica (INAMET) prevê, até às 18h00 de segunda-feira (dia 04), para a região Norte do país, a ocorrência de chuva moderada a forte, acompanhada por vezes de trovoada em alguns municípios das províncias do Zaire, Cabinda, Bengo, Uíge, Malanje, Lunda Sul e Lunda Norte durante a manhâ e ao entardecer.

  • 02/02/2019 19:21:32

    Previsão do tempo

    Luanda - O Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica (INAMET) prevê, até às 18h00 de domingoo (dia 03), para a região norte do país, a ocorrência de chuva fraca a moderada, acompanhada, por vezes, de trovoada em alguns municípios das províncias de Cabinda, Malanje, Lunda Norte e Lunda Sul durante a noite e ao longo da tarde.

  • 01/02/2019 15:33:06

    Fixada quota para importação de hidroclorofluocarbonos

    Luanda - Cento e setenta toneladas de hidroclorofluocarbonos (HCFCs) é quantidade que 42 empresas em Angola estão autorizadas a importar este ano.

  • 01/02/2019 14:04:23

    Elaboração de relatório sobre biodiversidade previsto para Março

    Luanda - A elaboração do sexto Relatório Nacional para a Convenção da Biodiversidade (6RNB) está prevista para Março de 2019, devido a transferência tardia dos fundos, no valor de 207.551 dólares.