Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Ambiente

16 Maio de 2019 | 16h10 - Actualizado em 16 Maio de 2019 | 16h40

Educação ambiental carece de reforço

Huambo - A educação ambiental na província do Huambo carece de maior reforço, sobretudo nas escolas do ensino de base, para permitir que o ambiente seja melhor protegido e preservado.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Jardim na província do Huambo

Foto: Aurélio Janeiro

A constatação é do docente universitário César de Osvaldo Pakissi, durante uma palestra realizada pelo gabinete local do Ambiente, Gestão de Resíduos e Serviços Comunitários para abertura do projecto Eco-escola, uma iniciativa do Instituto Superior de Ciências de Educação.

Segundo ele, o quadro actual da educação ambiental nesta província só será ultrapassado caso os ambientalistas interajam mais com as escolas para a mudança de consciência dos alunos ante o ambiente.

O palestrante, que também é docente de Gestão Ambiental, considera urgente melhorar as formas de abordagem das questões relacionadas com a natureza, apelando, assim, os ambientalistas a fazer vincar a sua formação, através da partilha de conhecimentos.

“Os ambientalistas locais devem ser mais proactivos na transmissão dos seus conhecimentos às comunidades, na sua consciencialização e mobilização sobre a importância da protecção do meio ambiente”, referiu.

No final da palestra, a directora do Gabinete do Ambiente, Gestão de Resíduos e Serviços Comunitários, Cecília Campos, deu a conhecer que o projecto Eco-escola tem como principal objectivo transmitir às crianças a importância do cuidado que se deve ter com o próprio meio ambiente.

Afirmou que o mesmo será executado em toda a província no prazo de 10 meses,  contemplando um maior número de crianças, sobretudo em idade escolares,  no sentido de permitir que cresçam consciencializadas e munidas sobre matérias de educação ambiental.

Durante a execução do projecto serão abordados vários temas, desde a poluição da água, do ar, protecção da camada de ozono, importância das árvores e da água na vida do ser humano.

Disse que vai o Eco-escola vai contribuir no reforço da educação ambiental dos cidadãos, de modo a contribuírem activamente nos projectos do Governo e seus parceiros na garantia de um ambiente saudável e sustentável.

Leia também
  • 15/05/2019 08:40:28

    Poluição das praias periga saúde pública

    Luanda - A cidade de Luanda continua a registar um elevado índice de poluição nas praias, com materiais orgânicos, inorgânicos e fluidos perigosos espalhados, numa altura em que decorre, em todo o país, a Operação Mar Seguro.

  • 14/05/2019 05:25:14

    Tempo em Angola

    Luanda - O Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica (INAMET) antevê, até às 18h00 desta terça-feira (14), para a região Norte do país, ocorrência de chuva fraca ou chuvisco acompanhada, por vezes, de trovoada em alguns municípios das províncias de Cabinda, Zaire, Uíge, Bengo e Lunda Norte.

  • 13/05/2019 21:03:10

    Estado do mar

    Luanda - O Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica (INAMET) prevê, até às 18h00 desta terça-feira (14), para as quatro regiões litorais de Angola, as seguintes condições climatéricas para a navegação marítima: