Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Ambiente

21 Maio de 2019 | 21h20 - Actualizado em 21 Maio de 2019 | 21h20

Registadas 72 mil ocorrências de biodiversidade

Luanda - Setenta e dois mil registos de ocorrências de espécies de biodiversidade terrestre e marinha são publicados por instituições públicas angolanas, através do Sistema Global de Informação sobre Biodiversidade.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O Sistema Global de Informação sobre Biodiversidade (GBIF) é uma rede internacional e infra-estrutura de investigação financiada por governos de todo o mundo, com o objectivo de dar a qualquer pessoa, em qualquer lugar, acesso aberto a dados sobre toda a vida na terra.

A informação foi avançada, nesta terça-feira, em Luanda, pela ministra do Ensino Superior, Tecnologia e Inovação, Maria do Rosário Sambo, durante uma conferência sobre Biodiversidade de Angola realizada pela Fundação Kissama.

Actualmente, frisou, 28 por cento dos registos publicados por instituições públicas angolanas estão disponíveis nesta plataforma.

De acordo com a ministra, os desequilíbrios e o continuado desenvolvimento do conhecimento e da tecnologia, bem como as transformações que a sociedade enfrenta, quer a nível nacional como global devem ser devidamente analisados, incluindo o seu impacto no ambiente e na biodiversidade.

O desequilíbrio manifesta-se através da degradação ambiental e no desaparecimento da biodiversidade, sendo que, através da investigação científica e do desenvolvimento tecnológico da inovação se poderá encontrar soluções que aproximem os objectivos do desenvolvimento sustentável.

A conferência, uma realização da Fundação Kissama, contou com o alto patrocínio da Casa Civil da Presidência da República e parceiros nacionais e internacionais.

Assuntos Biodiversidade  

Leia também
  • 21/05/2019 21:18:12

    Angola quer biodiversidade na lista da Unesco

    Luanda - O secretário de Estado do Ambiente, Joaquim Lourenço Manuel, disse, nesta terça-feira, em Luanda, estarem a trabalhar para a inscrição do de áreas do ecossistema angolano na lista do património da Organização das Nações Unidades para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco).

  • 18/07/2018 12:38:26

    Caçadores abatem 42 elefantes em 18 meses no Cuando Cubango

    Menongue - Quarenta e dois elefantes foram abatidos por caçadores furtivos nos municípios do Rivungo e Dirico, província do Cuando Cubango, no período de Janeiro de 2017 a Junho deste ano.

  • 17/07/2018 12:28:12

    Caça furtiva coloca animais em perigo de extinção no Golungo Alto

    Golungo Alto - Animais como javalis, veados, gazelas e macacos existentes na reserva florestal do Golungo Alto, província do Cuanza Norte, encontram-se em perigo de extinção devido a caçadores furtivos que operam na região.