Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Ciência e Tecnologia

24 Maio de 2018 | 23h51 - Actualizado em 24 Maio de 2018 | 23h53

Empresas reflectem em torno das tendências tecnológicas no mercado

Luanda - As empresas do sector tecnológico interagiram e reflectiram nesta quinta-feira, em Luanda, em torno de matérias sobre as soluções tecnológicas e as suas tendências no mercado actual, durante o II fórum denominado "Omnidata Nexte Generation It Solutions".

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Empresas atentas com as tendências das novas tecnologias no mercado - Arquivo

Foto: Lucas

O fórum, que serviu para mostrar as evoluções, capacitações, certificações e soluções da empresa Omnidata, implementadas em outros mercados, bem como trabalhar com os parceiros a fim de mostrar os serviços que utilizam a nível de tecnologias, foi dirigido as directores, conselhos executivos e aos estudantes ligados ao ramo das novas tecnologias.

Em declarações à Angop, no final do encontro, o director técnico da Omnidata, Mandela Barros, lembrou que o mercado está a evoluir com novas tecnologias e aplicativos, que proporcionam realmente um serviço mais apropriado para o consumidor final, facto que motivou a sua empresa a trazer ao país experiências do mercado internacional, para dar uma explanação sobre como tem evoluído as novas tecnologias.

Explicou que a sua empresa tem crescido e ocupa um lugar que os agentes internacionais do sector ocupavam no mercado nacional, devido as constantes formações quem têm dado aos seus técnicos em centros de formação internacional, em termos de tecnologias actuais, com vista a responder as expectativas do mercado actual.

Por sua vez, o chefe de departamento de infra-estrutura e comunicação da ENDE, Nicolau Francisco, reconheceu a melhoria que os serviços de comunicação interna, via telefone, tem registado com o uso de soluções da empresa Omnidata.

Realçou que desde o início da utilização dos serviços desta empresa, em 2015, foi possível diminuir a aquisição de equipamentos físicos, reduzir a indisponibilidade do sistema, pois este acarretava grandes consequências, principalmente, para os clientes pré-pago.

Para o responsável da empresa de prestação de serviços de tecnologias “Marcafer”, Mauro Ferreira, o fórum serviu para absorver experiências na organização de processos, “claud computer” e sobre a utilização do “data center”.

Referiu que os eventos deste género são importantes, para mostrar que existe empresas angolanas do sector de soluções tecnológicas com capacidade para prestar serviço e enfrentar os desafios do mercado nacional.

Marcafer é uma empresa angolana do ramo de soluções tecnológicas, propriamente na criação de infra-estrutura de rede e segurança electrónica com a instalação de câmara de vídeo vigilância e de aparelhos de dados biométricos.

A empresa existe a três anos e está presente apenas em Luanda, mas as suas soluções chegam até as outras províncias do país.

Assuntos Tecnologias  

Leia também
  • 24/05/2018 14:43:02

    Burocracia limita transferência tecnológica ao país

    Luanda - O excesso de burocracia na constituição de empresas dificulta o investimento estrangeiro e transferência de tecnologia para o país - realçou hoje, em Luanda, o delegado da economia alemã em Angola, Ricardo Gerik.

  • 22/05/2018 17:14:35

    Empresas instadas a criarem valências inovadoras para soluções sociais

    Luanda - As empresas do sector público devem incluir nas estruturas departamentos para desenvolver valências inovadoras com vista a dar soluções aos problemas pontuais como a saúde, educação e outras que afligem a sociedade.

  • 18/05/2018 06:55:43

    Utentes clamam por melhor qualidade nos serviços de telecomunicações

    Sumbe - Os utentes dos serviços de telecomunicações na província do Cuanza Sul reclamaram quinta-feira, na cidade do Sumbe, das constantes quebras do sinal, clamando, por esta razão pela melhoria da qualidade do serviço prestado pelas operadoras de telefonia ao público.