Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Ciência e Tecnologia

09 Fevereiro de 2019 | 00h55 - Actualizado em 10 Fevereiro de 2019 | 11h32

Angola necessita mais de mil torres de telecomunicações

Luanda - O país necessita de cerca de mil e 200 torres de partilha de sinal de telefonia móvel (site), capaz de suportarem até quatro operadoras globais de médio e grande porte.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

José de Carvalho da Rocha, Ministro da Telecomunicação e Tecnologia

Foto: Clemente Dos Santos

A informação foi avançada na sexta-feira, no Cuanza Norte, pelo director geral da Antosc, Marcos António Chaves, durante a inauguração das seis primeiras Torres pelo ministro das Telecomunicações e Tecnologias de Informação, José Carvalho da Rocha.

De acordo com Marcos Chaves, as torres com 60 metros de altura e capacidade de extensão de sinal até 30 quilómetros já funcionam com sinal da Unitel e posteriormente da Movicel, Angola Telecom, assim como suportará o sinal da futura operadora global.

“As antenas estão instaladas no perímetro que sai de Ndalatando a Maria Teresa, num perímetro de cerca de cem quilómetros, com a disponibilização de sinal em 2D (voz) e 3D (dados), colmatando assim aquelas lacunas deixadas pelas antenas normais de cada uma das operadoras”, explicou.

Por sua vez, o ministro José Carvalho da Rocha, que cortou a fita inaugural na companhia do governador provincial, Adriano Mendes de Carvalho, fez saber que as torres partilhadas vão dar mais qualidade nos serviços, reduzir custos de operações e facilitar o roming interno.

Com um custo de mais ou menos 300 a 200 mil dólares cada, acrescentou, estas torres são adquiridas com fundos Comité para Partilha de Infraestruturas de Comunicações Electrónicas (INFRACOM) constituído com empresas e ministérios que concorrem para a melhorias das linhas de transporte e telecomunicações no país.  

Assuntos Ciências  

Leia também
  • 18/10/2018 18:23:06

    Multinacional anuncia funcionamento do Sistema de Cabos Submarinos

    Luanda - A multinacional angolana de telecomunicações, Angola Cables, anunciou hoje, em Luanda, a entrada em funcionamento do Sistema de Cabos Submarinos da Costa Ocidental Africana (WACS), condicionado desde o passado dia 18 de Setembro, em consequência do corte registado a cerca de 1,2 quilómetros da Estação de Sangano.

  • 13/09/2018 19:51:40

    Ministra apela empresários à criação de infra-estruturas tecnológicas

    Luanda - A ministra do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação, Maria do Rosário Sambo, apelou hoje, em Luanda, aos empresários a criarem infra-estruturas estratégicas para o lançamento de projectos e programas inovadores com a finalidade de inserção de tecnologias transversais-chave no país

  • 04/09/2018 12:29:10

    Duzentos expositores na 9ª Edição da feira do Inventor-Criador

    Luanda - Duzentos expositores de instituições públicas, privadas e freelancers participam, de 14 a 16 do corrente mês, em Luanda, da 9ª Edição da feira do Inventor-Criador Angolano (FeICA).