Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Ciência e Tecnologia

12 Abril de 2019 | 14h14 - Actualizado em 12 Abril de 2019 | 15h13

Mais de 100 projectos de investigação submetidos a financiamento

Luanda - Cento e quarenta e duas teses de investigação científica foram submetidos, desde Janeiro último, ao Projecto de Desenvolvimento de Ciência e Tecnologia (PDCT) para financiamento.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Edifício do centro de investigatição científica

Foto: Clemente dos Santos

A informação foi avançada hoje (sexta-feira) pelo coordenador do projecto, Ricardo Queirós, durante a visita da 6ª Comissão Parlamentar da Assembleia Nacional (ligada  aos assuntos de saúde, educação, ensino superior, ciência, tecnologia e inovação) às instalações do Centro Nacional de Investigação Científica.

Ricardo Queirós acrescentou que as áreas de maior destaque são as ciências exatas e naturais, medicina, agricultura e tecnologia.

Segundo o responsável, as inscrições tiveram início em Fevereiro do corrente ano e até ao momento 14 províncias submeteram propostas para financiamento, apenas o Zaire, Lunda Norte, Lunda Sul e Cuando Cubango, ainda, não apresentaram.

Dos projectos de investigação apresentados, a província de Luanda lidera com 68, Huambo (18), Huíla (12), Benguela (11), Cuanza Sul (6), Cuanza Norte (5),  Namibe (5), Bié (4), Malanje (4), Uíge (3), Cabinda (2), Bengo (2), (Moxico (1) e Cunene (1).

Acrescentou que actualmente decorrem os trabalhos de avaliação das propostas que terminam no final do corrente mês, para posterior financiamento.

O projecto, avaliado em mais de 100 milhões de dólares, está, igualmente, a financiar 250 bolsas de estudo no ensino secundário, em que cerca de 55 por certo das beneficiarias são mulheres.

O Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação (MESCTI) é a instituição responsável pela execução do PDCT, financiado em 90 por cento pelo Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) e 10 por cento pelo Governo de Angola.

O projecto, de âmbito nacional, visa contribuir para a diversificação da economia através da inovação científica e tecnológica e envolve o apoio às actividades de investigação científica e a criação de um ambiente favorável à ciência, tecnologia e inovação.

Prevê, ainda, a construção de um Parque de Ciência e Tecnologia (PCT), realização de actividades de promoção e reforço da participação das mulheres em actividades ligadas à ciência, tecnologia, inovação, desenvolvimento de competências no ensino secundário e apoio à gestão da propriedade intelectual.

Leia também
  • 12/04/2019 14:33:09

    Deputado destaca importância da investigação científica

    Luanda - O presidente da 6ª Comissão parlamentar da Assembleia Nacional, Victor Kajibanga, destacou nesta sexta-feira, em Luanda, a importância da aposta na investigação científica para o desenvolvimento sustentável do país.

  • 22/08/2018 19:04:53

    Abertas candidaturas para 8ª edição dos "Prémios Estrela DStvEutelsat"

    Luanda - Estudantes do ensino secundário, com idades compreendidas entre os 14 e 19 anos, estão habilitados a candidatar-se, até ao dia 12 de Outubro, à oitava edição dos "Prémios Estrela DstvEultelsat", lançado oficialmente terça-feira, em Luanda, com o intuito de incentivar o interesse dos jovens pela ciência e tecnologia.

  • 22/08/2018 19:03:49

    Investigação científica requer parcerias público-privadas

    Luanda - A coordenadora sul-africana do comité técnico conjunto em Ciência e Tecnologia entre Angola e África do Sul, Mabuzela Mampei, advogou hoje, quarta-feira, em Luanda, a necessidade da criação de parcerias público-privadas para a implementação de projectos de investigação científica visando a resposta rápida das pesquisas.