Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Ciência e Tecnologia

21 Outubro de 2020 | 11h49 - Actualizado em 22 Outubro de 2020 | 15h03

Custo das ligações impede expansão da banda larga

Luanda - A Associação Angolana de Provedores de Serviços de Internet (AAPSI) considerou esta terça-feira que os preços praticados actualmente em Angola têm tido um impacto negativo nos custos operacionais e na qualidade dos serviços prestados.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Num encontro realizado nesta terça feira,  os seus associados discutiram  temas ligados aos preços de serviços de telecomunicações em Angola, ferramenta necessária para alavancar a inclusão digital em Angola.

A reunião organizada pela AAPSI, que teve a participação dos operadores dos serviços de telecomunicações associados, concluiu que os preços altos das ligações internacionais são um dos principais componentes da estrutura de custos dos serviços, condicionando, assim, a expansão da banda larga e a inclusão digital em todo o país. 

Segundo Sílvio Almada, presidente da AAPSI, o evento serviu para encontrar uma plataforma comum, de modo a defender os interesses dos operadores e, por outro lado, propor em conjunto de soluções que possibilitem alcançar a tão desejada massificação do uso de serviços de telecomunicações, inclusão digital e a expansão da banda larga no país.

Como resolução, os membros apontam para a elaboração e envio ao Executivo de uma proposta com objectivos concretos, para ajudar o Governo a encontrar as soluções adequadas que possibilitem a inclusão digital e, em paralelo, a sustentabilidade dos negócios dos operadores de telecomunicações.

Pesquisas feitas pela Angop, com base em dados de 2018, apontam que  a rede móvel, o custo de 100 megabyte (MB),  é de cerca de 1,60 dólares americanos, o equivalente a  cerca de 0,016 dólares por megabyte.

Leia também
  • 04/12/2019 23:56:59

    Criatividade posta a prova em Feira Tecnológica

    Luanda - Alunos, professores, inventores e criadores de softwares participam na Feira de Inovação Tecnológica (FITITEL), aberta hoje (quarta-feira), sob o lema “Era digital - inclusão da tecnologia para o desenvolvimento da sociedade”.

  • 23/05/2019 15:59:30

    Disponibilidade de internet cresce dez vezes mais em Angola

    Luanda - A disponibilidade de serviços de internet da Angola Cables, desde 2012 até a presente data, cresceu dez vezes mais ao passar de 1,5 para mais de 12 gigabytes de capacidade internacional de tráfego/segundo em Angola.

  • 11/02/2019 15:33:59

    Privatização da Angola Telecom acontece este ano

    Luanda - O processo de privatização da Angola Telecom vai arrancar este ano, estando neste momento a decorrer o processo de avaliação do património e activos da empresa, informou o ministro das Telecomunicações e Tecnologias de Informação, José Carvalho da Rocha.