Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Ciência e Tecnologia

20 Outubro de 2020 | 21h17 - Actualizado em 20 Outubro de 2020 | 21h19

Unitel distinguida pelo combate à fraude

Luanda - A operadora angolana de telefonia móvel Unitel foi distinguida, com o reconhecimento de mérito, pela promoção, durante dois anos, do combate à fraude e segurança na indústria de telecomunicações móveis em África.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

operadora angolana Unitel

Foto: Clemente Santos

A operadora angolana presidiu, durante dois anos, o Grupo de Fraude e Segurança para África do GSMA Association.

O reconhecimento consta de uma carta enviada, recentemente à Unitel, pelo director de Tecnologia (CTO) do Sistema Global para Comunicações Móveis da GSMA  e pelo presidente do AFASG e da  Comissão Executiva  da Copper Horse Ltd.

Os signatários, cujos nomes não foram avançados na nota a que a Angop teve acesso, enaltecem  o papel da operadora de telefonia angolana e do seu representante, José Sobreira Martins, director de Risco, Fraude e Segurança, pelo desempenho ao longo do seu mandato.

“Desde o início do seu mandato, a Unitel  apresentou uma declaração de visão clara e ambiciosa de como acreditava que o AFASG poderia desenvolver-se e o potencial para o grupo agregar valor no combate à fraude, na indústria móvel, e à gestão da segurança profissional em África”, pode ler-se na carta.

Conforme os subscritores, a operadora angolana definiu uma estratégia e iniciou um programa de divulgação aos membros do GSMA na região que possibilitou aumentar a adesão e a experiência do grupo no continente africano.

 Adiantam, igualmente, que os esforços neste sentido têm dado bons resultados, com um aumento significativo do volume de representantes dos operadores móveis africanos no seio do AFASG, tendo o plano de acções em curso impulsionado a presença e o interesse dos operadores móveis do continente.

“O trabalho que tem feito para inquirir os membros sobre as principais prioridades de fraude e segurança para os operadores móveis em África, para propor e avaliar o interesse em itens de trabalho colaborativos de grupo e para introduzir uma maior aposta na Cibersegurança dentro do grupo e da região é de grande importância”, enaltecem.

Encorajam a Unitel a continuar a apoiar a liderança do AFASG.

A eleição da UNITEL para a liderança deste grupo ocorreu em Setembro de 2018 e resultou de um processo de candidatura em concorrência com outros operadores móveis em África, baseado na apresentação de um plano de liderança estratégica submetido à consideração e votação dos seus membros.

O AFASG agrupa os principais grupos de  Telecomunicações Móveis em África, tais como Orange, MTN, Airtel, Vodafone/Vodacom e Millicom/Tigo, bem como outras operadoras de telefonia móvel e membros associados, tais como fornecedoras de tecnologias, como Ericsson e Huawei.

Assuntos Angola  

Leia também