Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

14 Fevereiro de 2018 | 16h09 - Actualizado em 14 Fevereiro de 2018 | 16h09

Futebol: Clube 1º de Agosto promete interpor recurso ao tribunal arbitral

Luanda - O 1º de Agosto pretende interpor recurso junto do Tribunal Arbitral do Desporto, em função dos castigos aplicados aos seus jogadores pela Federação Angolana de Futebol (FAF), apurou hoje a Angop de fonte oficial.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1º de Agosto na sua primeira partida oficial da época (Afrotaças)

Foto: Rosário dos Santos

De acordo com o advogado do clube militar, Arlindo Almeida, esta decisão segue-se à sentença do conselho jurisdicional que considerou improcedente o recurso apresentado, após o castigo de 70 dias aplicado pelo Conselho de disciplina da FAF.

‘’Vamos recorrer ao Tribunal Arbitral do Desporto para que se faça a justiça. Pensamos que houve uma infracção grave cometida pelos órgãos jurisdicionais da FAF. Neste sentido vamos pedir se é possível o tribunal suspender o castigo até uma decisão final e que os jogadores possam ser utilizados’’ – informou.

De acordo com o advogado, antes de se dar entrada do recurso ao tribunal, o documento será primeiro traduzido para uma linguagem técnica, porque contém um conteúdo jurídico, para não se induzir ninguém a erro. Será antes remetido a FAF que irá submetê-lo ao tribunal.

‘’Precisamos ter aqui um Tribunal Arbitral para solução destas situações e tantas outras. Já devíamos ter, mas infelizmente não temos ainda’’ - realçou.

Os jogadores suspensos são o "capitão" da equipa Dani Massunguna, Paizo, Nelson da Luz, Geraldo, Natael e Show, todos integrantes da equipa base da formação "militar", actual bi-campeã nacional, por não terem participado no Campeonato Africano ‘’CHAN2018’’, reservado a jogadores que evoluem nos respectivos países.

O Conselho de disciplina havia sancionado com 70 diasnas provas sob égide da FAF. Após o recurso do clube, o Conselho jurisdicional reduziu os castigos de Dani Massunguna (50 dias), Nelson da Luz, Geraldo, Paizo (50), enquanto Natael viu agravada para 75 dias.

A FAF absolveu o jogador Show.  

Adiou as duas primeiras jornada do Girabola com o Progresso do Sambizange e 1º de Maio de Benguela devido ao compromisso nas Afrotaças.

O campeão nacional estreou-se com vitória de 3-0 no jogo da primeira ‘’mão’’ das eliminatórias de acesso a fase de grupos da liga dos clubes campeões, diante do FC Platinum do Zimbabwe.

Hoje embarcou para o Zimbabwe onde disputa a segunda mão no dia 20.

Assuntos Futebol  

Leia também