Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

12 Julho de 2018 | 00h33 - Actualizado em 12 Julho de 2018 | 09h22

Girabola2018: Treinador do 1º de Agosto critica trabalho de arbitragem

Luanda - O trabalho desempenhado pelo trio de arbitragem da província de Benguela, liderado por António Dungula, foi considerado escandaloso pelo técnico principal do 1º de Agosto, Zoram Maki, no empate (0-0) com o Recreativo do Libolo do Cuanza Sul.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Técnico-adjunto do 1º de Agosto, Ivo Traça

Foto: Henri Celso

Em declarações a imprensa no final da partida disputada quarta-feira no estádio 11 de Novembro, em Luanda, pontuável para a 23ª jornada do campeonato nacional de futebol da I divisão, o sérvio indicou que a falta que originou a expulsão do seu jogador Guelor não foi suficiente para um cartão vermelho.

‘’Faltou dualidade de critérios no ajuizamento de certos lances. Muitos não querem deixar o 1º de Agosto conquistar o tri-campeonato. Esta arbitragem foi tendenciosa e escandalosa ao mesmo tempo’’ – desabafou.

Os bi-campeões nacionais somam 40 pontos, em segundo lugar, os mesmo que o Petro de Luanda, em primeiro. O Libo está em oitavo com 26.

  

Assuntos Futebol  

Leia também