Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

11 Julho de 2018 | 05h01 - Actualizado em 11 Julho de 2018 | 12h22

Mundial2018: Umtiti coloca França na terceira final

Luanda - Um golo de Umtiti, aos 51 minutos, na vitória terça-feira diante da Bélgica (1-0), colocou a França, pela terceira vez na sua história, na final de um Campeonato do Mundo de futebol.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

França está na final do mundial`2018

Foto: DIEGO AZUBEL

Em São Petersburgo, os belgas tiveram algum ascendente até aos 51 minutos, mas quando Umtiti saltou mais alto que Fellaini e fez o único golo do jogo as coisas mudaram de feição, com a França a ser superior a nível defensivo e a ter mesmo oportunidades para chegar ao 2-0.

Porém, ocasiões houve para os dois lados, na primeira parte (Eden Hazard aos 16' e Alderweireld aos 19', e Giroud aos 31 e Mbappé aos 39'), tempo para Lloris e Courtois brilharem nas respectivas balizas.

De parte a parte, a aposta foi de rigor a nível da defesa e paciência na construção das jogadas de ataque. Ambas as formações pressentiam que o jogo se ia decidir por “quase nada”.

Bélgica, que se vinha a destacar pela força ofensiva, e França, claramente a melhor defesa do torneio, praticamente repetiram os onzes da ronda anterior, com uma excepção de cada lado, com as entradas de Matuidi (saiu Tolisso) e Moussa Dembelé (em vez de Meunier).

Como seria de esperar, a Bélgica tinha mais posse de bola e fazia mais passes, mas não tinha desta vez nenhuma das suas “pérolas”, como Lukaku, Eden Hazard ou Kevin de Bruyne a dar o “golpe” final.

A perder, a Bélgica acusou a desvantagem, tanto mais que a França passou a fazer pressão alta, nunca descurando a velocidade de Mbappé e a criatividade de Pogba e Griezmann.

Agora, a França espera pelo vencedor do Inglaterra-Croácia desta quarta-feira, já a pensar no seu segundo título mundial. O primeiro foi há 20 anos, em 1998, com o atual selecionador, Didier Deschamps, como capitão. Em 2006, os gauleses chegaram ao jogo decisivo mas foram batidos pela Itália, numa partida marcada por incidente de Zinedine Zidane (agrediu um adversário com um cabeçada).

Leia também
  • 08/11/2018 09:16:28

    Futebol adaptado: Campeões do Mundo já em Luanda

    Luanda - A selecção nacional de futebol adaptado, que se sagrou segunda-feira, no México, campeã do mundo, depois da vitória por 5-4 frente a Turquia, chegou ao princípio da manhã desta quinta-feira a Luanda.

  • 28/10/2018 14:11:33

    Futebol adaptado: Angola abre mundial com Ucrânia

    Luanda - A selecção nacional de futebol para amputados defronta a Ucrânia a uma hora de segunda-feira ( 19 horas locais deste domingo), em jogo inaugural, Grupo D, do Campeonato do Mundo, iniciado sábado em Guadalajara (México).

  • 26/10/2018 01:37:32

    Afrotaças: "Perdemos a eliminatória em casa" - Ivo Traça

    Luanda - O técnico-adjunto do 1º de Agosto, Ivo Traça, admitiu quinta-feira, na capital do país, que a equipa perdeu a eliminatória das meias-finais da Liga de Clubes Campeões Africanos em futebol, no jogo da primeira - mão (dia 3), no Estádio 11 de Novembro, devido a vitória mínima de 1-0.

  • 23/10/2018 21:31:01

    Árbitro tendencioso tira D'Agosto da final da Liga

    Luanda - A actuação tendenciosa do árbitro zambiano Janny Sikazwe contribuiu significativamente no impedimento do 1º de Agosto atingir a final da Liga dos Clubes Campeões Africanos de futebol, ao perder diante do Esperance de Túnis, por 2-4, em jogo da meia-final da prova, disputado hoje, no Estádio Olímpico de Radés, na Tunísia.