Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

12 Junho de 2019 | 02h16 - Actualizado em 12 Junho de 2019 | 13h54

CAN2019: Vasiljevic - 5º estrangeiro a orientar Angola

Luanda - O treinador Srdan Vasiljevic é o quinto estrangeiro a orientar a selecção nacional numa fase final do Campeonato Africano das Nações (CAN) em futebol, onde o precursor é o cabo-verdiano Carlos Alhinho.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Srdan Vasiljevic - seleccionador de futebol

Foto: Antonio Escrivao

O sérvio, de 46 anos de idade, estará à frente dos Palancas Negras na 32ª edição, a decorrer de 21 de Junho a 19 de Julho, no Egipto. Nascido na cidade de Belgrado, Srdan Vasiljevic é licenciado pela UEFA/FSSB desde 2005.

Carlos Alhinho foi o técnico que em 1996 conduziu Angola na sua estreia neste evento continental, prova decorrida na África do Sul.

Naquele evento, o cabo-verdiano elegeu um leque de jogadores, entre girabolistas e da diáspora, que espalharam o seu perfume em terras sul-africanas, apesar de não conseguirem passar da fase de grupos.

Orlando, Neto, Wilson, Hélder Vicente, Paulão, Castela, Fuá, Joni, Quinzinho, Akwá, Túbia, Abel Campos, entre outros, deram mostra da força do futebol angolano, sobretudo na última jornada do grupo A, onde empataram a três golos com o “colosso” Camarões.

A segunda participação de Angola no CAN, em 1998, no Burkina Faso, teve à testa o português Manuel Sousa “Necas”.

Os resultados menos conseguidos na fase de grupos acabaram por ditar um novo afastamento ainda na primeira etapa. Empate a três golos com a África do Sul, outra igualdade (0-0) diante do Congo Democrático e derrota de 2-5 frente à Côte d’Ivoie.

Um outro expatriado veio assegurar os Palancas na Taça das Nações Africanas apenas em 2010, competição decorrida em solo angolano.

Novamente um português assumiu o camando: Manuel José, o estrangeiro que teve a melhor prestação, ao atingir os quartos-de-final, sendo eliminado pelo Ghana, por 0-1.

Já com o uruguaio Gustavo Ferrin, na última presença, em 2013, na África do Sul, o onze nacional teve a pior participação, ao terminar no antepenúltimo lugar (14º), à frente apenas do Níger e Etiópia.

Dois angolanos já orientaram os Palancas Negras em fases finais do CAN, nomeadamente Lito Vidigal e Oliveira Gonçalves, este último teve a proeza de colocar, pela primeira vez, a selecção nos quartos-de-final, no Egipto, em 2006. No mesmo ano conduziu Angola na sua estreia em Campeonato do Mundo, decorrido na Alemanha.

Oliveira Gonçalves é igualmente o único, dentre todos, a treinar Angola em duas ocasiões. Esteve também no Ghana, em 2008. Lito Vidigal foi o técnico em 2012. Nestas duas edições (2008 e 2012), o combinado nacional não foi além da fase de grupos.

Na prova que inicia dia 21, no Egipto, a selecção nacional está enquadrada no Grupo E, ao lado da Tunísia, Mauritânia e Mali. Começam o torneio no dia 24 frente aos tunisinos, numa prova cujo objectivo é melhorar ou igualar os quartos-de-final do Egipto (2006) e Ghana (2008).

Assuntos Futebol   Província » Luanda  

Leia também
  • 12/06/2019 11:06:53

    Futebol: Alemanha aplica maior goleada da noite 'europeia'

    Luanda - A selecção alemã aplicou a maior goleada desta terça-feira nas eliminatórias de apuramento ao campeonato europeu de futebol de 2020, ao derrotar a Estónia, por 8-0, numa noite em que os "grandes" não comprometeram.

  • 12/06/2019 10:44:24

    CAN2019: Guiné-Bissau - O acompanhante lusófono de Angola

    Luanda - A Guiné-Bissau é, a par de Angola, representante da lusofonia no Campeonato Africano das Nações em futebol (CAN2019), que arranca dia 21 deste mês, no Egipto.

  • 11/06/2019 18:52:38

    CAN2019: Palancas Negras já têm dinheiro - Ministra

    Luanda - A ministra da Juventude e Desportos, Ana Paula Sacramento Neto, confirmou nesta terça-feira à Angop, em Luanda, a entrega, na semana finda, da verba para a participação de Angola no CAN2019, de 21 de Junho a 19 de Julho, no Cairo (Egipto).