Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

22 Julho de 2019 | 17h59 - Actualizado em 22 Julho de 2019 | 19h52

Futebol: Seis reforços confirmados no Sagrada Esperança

Benguela - Seis jogadores vindos das equipas do Kabuscorp do Palanca e Futebol Clube Bravos do Maquis vão reforçar a equipa do Sagrada Esperança da Lunda Norte, no Campeonato Nacional da primeira divisão (Girabola) 2019/2020.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Equipa do Sagrada Esperança da Lunda Norte (arquivo)

Foto: Pedro Parente

Trata-se de Água Doce e Cabiby (médios), Simão (central) e Langanga (guarda-redes), provenientes dos Kabuscorp do Palanca, e do ponta-de-lança Chico, saído do Futebol Clube Bravos do Maquis, que participam do estágio competitivo que o Sagrada realiza até 08 de Agosto próximo, na província de Benguela, enquanto o outro nome ainda não foi revelado.

Em entrevista à Angop, hoje (segunda-feira), na cidade de Benguela, o técnico principal do Sagrada Esperança da Lunda Norte, Paulo Torres, disse que espera formar uma equipa coesa e forte, aliando a juventude aos mais experientes.

Acrescentou que, em Benguela, a agremiação está a dar continuidade a preparação iniciada no Dundo, no princípio de Julho, junto dos adeptos e foi importante conhecer a casa, conviver com as pessoas e a direcção.

“Estamos em Benguela com o objectivo de fazer jogos, estamos num processo de trabalho organizado, em que conciliamos treinos e jogos, o que me deixa satisfeito”, frisou o técnico, avançando que neste momento a equipa conta com 26 jogadores, mas o plantel ainda não está fechado.

Na sua óptica, a escolha da província de Benguela para estágio deve-se ao facto de ter boas condições de trabalho, com campos disponíveis, um clima agradável e boas ofertas em termos de acomodação.

O técnico referiu ainda ser prematuro falar em título, porque está a iniciar uma época de preparação e são conhecidas as dificuldades e a complexidade deste campeonato, destacando que o mais importante é consolidar os processos técnicos e tácticos, para criar uma equipa muito competitiva.

“É importante ter um bom balneário, um ambiente de trabalho agradável e aliar a isso a qualidade dos jogadores. Só depois, por altura do campeonato, vai ser possível aferir a qualidade da nossa prestação”, disse Paulo Torres.

Perspectivou uma equipa do Sagrada Esperança a jogar bom futebol, com bons princípios técnicos e tácticos, e que o público do Dundo se divirta e apoie o grupo, para que a equipa possa alcançar os lugares cimeiros das competições em que estiver envolvida.

Por outro lado, em declarações à imprensa, Ganga Júnior, presidente do Conselho de Administração da Endiama EP, principal patrocinadora do Sagrada Esperança da Lunda Norte, garantiu estarem criadas todas as condições para que a equipa faça uma boa época desportiva 2019/2020.

O Sagrada Esperança encontra-se em Benguela com um plantel de 26 jogadores e tem agendado a realização de seis jogos, dos quais dois já foram realizados com um misto de jogadores locais em que venceu por 4-0 e 8-3.

O Clube Desportivo Sagrada Esperança, fundado em Dezembro de 1976, na cidade do Dundo (Lunda Norte), tem na sua galeria três títulos, sendo um de campeão nacional (2005) e duas taças de Angola (1988 e 1999).

Em 2005, participou na Liga dos Campeões Africanos, tendo sido eliminado na segunda fase. Em 2016, voltou à mesma competição e alcançou a terceira fase.

No Girabola2018/19, conquistado pelo 1º de Agosto (67 pontos), a formação da Lunda Norte ocupou a 6ª posição (42).  

O branco e verde são as cores do equipamento da formação diamantífera, que conta com um campo para oito mil espectadores, no centro da cidade do Dundo.

Leia também
  • 22/07/2019 16:50:36

    Futebol: Avançados na mira da Académica do Lobito

    Lobito - O técnico da Académica do Lobito, Águas Zeca da Silva, admitiu hoje, na província de Benguela, a possibilidade de mais dois avançados e um guarda-redes reforçarem o plantel da agremiação, com vista a época desportiva 2019/2020, que arranca a 16 de Agosto.

  • 20/07/2019 22:26:52

    Académica do Lobito empata segundo jogo da pré-época

    Lobito, 20/07 - A Acadêmica do Lobito empatou neste sábado com o Interclube por 1-1, no campo da União de Catumbela, em jogo de preparação, visando ao campeonato nacional da primeira divisão que inicia a 16 de Agosto deste ano.

  • 17/07/2019 12:27:52

    Defendida requalificação das infra-estruturas desportivas na Ganda

    Ganda - As infra-estruturas desportivas do município da Ganda, em Benguela, devem ser requalificadas com urgência, para dinamização das diversas modalidades e inserção social da camada juvenil, defendeu hoje, o chefe do departamento provincial da Juventude e Desportos, Júlio Paiva.