Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Desporto

08 Agosto de 2020 | 21h23 - Actualizado em 09 Agosto de 2020 | 06h59

Angola fora das Olimpiadas por "culpa" da net

Luanda -Angola está eliminada das Olimpiadas Mundiais de xadrez ao perder consecutivamente por falta de comparência, devido à queda sucessiva do sinal da internet, principalmente nas seis jornadas disputadas, das nove previstas, nesta 3ª fase da prova (Grupo B).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Sérgio Miguel (Esq), uma das vítimas da internet

Foto: Marcelino Camões

No evento online, por conta da propagação da covid -19, Angola terminou invicta a 2ª fase, na última semana, mas sexta-feira, à entrada da terceira, deparou-se com um adversário imprevisto, a internet, averbando derrotas até quando em situação iminente de vitória.

Neste sábado, a selecção nacional voltou a ser “vítima” do sinal da internet (Zap Fibra), perdendo com o Botswana para a quarta jornada, por 0-6, por queda do sinal.

Situação idêntica repetiu-se nas duas rondas seguintes, registando-se derrotas diante da Chinese Taipei para a 5ª ronda (0-6) e com a Sri Lanka, para a 6ª (2-4), numa jornada em que estava proibida de perder se quisesse almejar a qualificação à outra fase.

Com zero pontos na tabela classificativa, mesmo que Angola vença os três desafios de domingo contra a Nigéria (7ª jornada),Tajikistão (8ª) e Emirados Árabes Unidos (9ª) não tem hipótese de continuar em prova.

O grupo, composto por dez selecções, é liderado por Portugal com 12 pontos, seguido pelo IPAC (selecção constituída por atletas deficientes -9 pts), Sri Lanka (9), Escócia (8).

Angola e Nigéria são as únicas que ainda não pontuaram.

Qualificam-se para a outra fase as três primeiras do grupo.

A selecção principal é composta por: João Júlio (capitão), Sérgio Miguel (Mestre Fide da Escola Sacri do Cazenga), David Silva (MI – Escola de Mestre João Francisco), Esperança Caxita (MI - 1.º de Agosto), Ednásia Júnior (MI - Escola Macovi), Lutuima Amaro (Candidato a Mestre - Escola Macovi) e Jemima Paulo (Candidata a Mestre - Academia Ditrov).

Suplentes: Irineia Gabriel (capitã), Manuel Alberto (Mestre Fide - Escola João Júlio), Vanderson Dias (Especialista Nacional - Progresso Sambizanga), Delfina João (Candidata a Mestre - Progresso Sambizanga), Luzia Pires (MI - 1.º de Agosto), Domingos Júnior (Mestre Fide - Escola Macovi) e Renelsa António (Candidata a Mestre - Escola Rene Castilho do Cunene).

Assuntos Xadrez  

Leia também
  • 09/08/2020 20:50:23

    Consumada eliminação de Angola nas Olimpiadas

    Luanda - Angola foi mesmo eliminada prematuramente das Olimpiadas Mundiais de xadrez, neste domingo, após uma vitória, uma derrota e um empate na tripla e ultimas jornadas da terceira fase da prova.

  • 07/08/2020 21:38:32

    Angola perde nas olimpíadas em jornadas de percalços

    Luanda - A selecção nacional de xadrez perdeu pela primeira vez nas Olimpiadas Mundiais, que decorrem em sistema online, em tripla jornada, disputada nesta sexta-feira, cheia de percalços devido a oscilação do sinal da internet.

  • 04/08/2020 23:01:09

    Angola defronta "habitues" na 3ª fase das Olimpiadas

    Luanda - O sorteio da terceira fase das Olimpiadas Mundiais de xadrez colocou novamente no caminho de Angola, num evento do género, a Escócia, o IPCA (selecção de atletas de vários países do mundo com Síndrome de Down e deficientes visuais) e Portugal.