Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

11 Outubro de 2017 | 18h50 - Actualizado em 12 Outubro de 2017 | 07h27

Huambo: ANAVI quer acabar com importações de ovos

Cachiungo - A Associação Nacional dos Avicultores de Angola (ANAVI) pretende, a médio prazo, acabar com as importações de ovos, estando, por isso, empenhada em aumentar os níveis de produção.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

produção de ovos

Foto: Pedro Parente

Em declarações hoje à Angop, no município do Cachiungo, na província do Huambo, onde o Presidente da República, João Lourenço, procedeu à abertura da campanha agrícola, a vice-presidente da associação, Maria José Victorino, defendeu, por isso, a conjugação de esforços com os produtores de cereais, para alimentação das galinhas.

Argumentou que, por falta de ração, o país produz somente 743 mil ovos por dia, apesar de ter uma capacidade instalada de quatro milhões, o que obriga a recorrer ao exterior para satisfazer a procura de ovos no mercado interno.

Admitiu que a carência de ração resulta da pouca capacidade produtiva de cereais, principalmente milho, soja e semente de girassol, indispensáveis para alimentar adequadamente as galinhas.

Maria José Victorino disse que a ANAVI está, neste momento, a estreitar parcerias com diferentes produtores nacionais, essencialmente para ajudá-los a escoar os seus produtos, tendo em conta as necessidades do sector avícola de 400 mil toneladas de grãos para a produção de ovos e carne de frango.

Enalteceu o Presidente da República, João Lourenço, em prestar uma atenção especial no sector agro-pecuário, como forma de reduzir as importações de alimentos e, ao mesmo tempo, alavancar a economia nacional.

Maria José Victorino pontualizou que a organização, com 118 produtores, pretende igualmente produzir todos os anos 20 mil toneladas de carne de frango.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também