Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

14 Janeiro de 2018 | 11h43 - Actualizado em 14 Janeiro de 2018 | 11h43

Huíla: Administração da Matala aplicou cerca de 898 milhões de Kz em projectos em 2017

Matala - Oitocentos e 98 milhões, 816 mil e 569 Kwanzas é o montante que a administração municipal da Matala, província da Huíla, recebeu do Orçamento Geral do Estado durante o ano 2017, de um total de mil milhões, 365 milhões, 167 mil e 687 kwanzas previstos para despesas públicas.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Huíla: Pormenor da vila da Matala

Foto: Morais Silva

A informação foi avançada hoje, à Angop, pelo administrador, Miguel António Paiva Vicente, tendo salientado que o montante corresponde a 66 porcento do valor global que estava previsto e serviu para o pagamento dos salários e outras despesas públicas nos sectores da saúde e da educação.

Miguel Vicente fez saber que entre as acções realizadas pela administração municipal, se destacam as ligadas aos cuidados primários de saúde, merenda escolar, água para todos e combate à pobreza.

Informou que estão em ainda em curso dois projectos, nomeadamente a construção de cinco casas económicas na comuna do Micosse e respectivo sistema de água, e no bairro novo, arredores do município da Matala.

Com uma superfície de nove mil quilómetros quadrados, o município da Matala dista 180 quilómetros a leste do Lubango e tem uma população estimada em 243 mil 938 habitantes.      

Leia também
  • 12/01/2018 17:49:10

    Consórcio Chinês quer investir no sector agro-industrial

    Lubango - O consórcio chinês, Citic e H&S pretende investir nos próximos meses em projectos de abastecimento de água e planos agro-industriais na província da Huíla, informou nesta quinta-feira, na cidade do Lubango o seu presidente, John Zheng.

  • 11/01/2018 22:44:56

    Falta de transparência dita reestruturação do Fundo Soberano de Angola

    Luanda - A falta de transparência nos processos de contratação dos gestores de activos e prestadores de serviços da instituição ditou, entre outras decisões, a reestruturação do Fundo Soberano de Angola, anunciou hoje em nota o Ministério das Finanças.

  • 11/01/2018 21:07:04

    Autoridades tradicionais vão fiscalizar exploração de madeira

    Luena - O governo da província do Moxico recomendou hoje, quinta-feira, no Luena, a comissão local intersectorial de regulação da exploração da madeira a colaborar com as autoridades tradicionais no processo de fiscalização das florestas .

  • 11/01/2018 10:38:45

    Brent abre em baixa em Londres

    Londres - O barril de petróleo Brent para entrega em Março abriu nesta quinta-feira em baixa no mercado de futuros de Londres, cotado a US$ 69,14, variação de 0,08% em relação ao fecho anterior.