Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

08 Fevereiro de 2018 | 18h42 - Actualizado em 08 Fevereiro de 2018 | 18h42

Receitas fiscais aumentam na província da Huíla

Lubango - Dezasseis mil milhões, 668 milhões, 323 mil 634 Kwanzas é o valor arrecadado pela delegação provincial da Huíla das Finanças, com a cobrança de diversos impostos, em 2017, representando um aumento de 991 milhões, 378 mil e 703 kwanzas em relação ao período homólogo de 2016.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Huíla:Delegação provincial das Finanças

Foto: Morais Silva

A informação foi avançada nesta quinta-feira, no Lubango pelo delegado das Finanças, Osvaldo Teixeira, tendo afirmado que houve um aumento de 6,32 %,  obtido pelas suas cinco estruturas, nomeadamente a Repartição fiscal do Lubango (16.428.280.091), da Humpata (64. 999. 494), da Matala (108.324.883), delegação aduaneira (42.804.336) e o Piquete do Aeroporto (23.914.830).

Referiu que entre os impostos pagos, destacam-se o Imposto sobre o Rendimento de Trabalho (IRT), que pode ser obtido por conta de outrem ou conta própria, taxas sobre o consumo de cerveja Nacional,  do selo-recibo de quitação, industrial e de consumo.

"Com esses impostos arrecadamos um valor de 12. 254.712.224 Kwanzas, que correspondem a 73,52% do valor total",  acrescentou.

Osvaldo Teixeira reiterou que a delegação, através da Administração Geral Tributária (AGT), vai continuar a ser rigorosa na cobrança de impostos em empresas públicas e privadas, a fim de aumentar o volume de receitas, para que a região contribua significativamente para o Orçamento Geral do Estado (OGE).

Fez saber que durante o período tiveram uma previsão de receitas de 17 biliões, 541 milhões, 021 mil e 030 kwanzas. 

A delegação provincial das finanças na Huíla faz o acompanhamento da execução das despesas públicas e serviços AGT.  Os serviços de finanças na província contam com 115 funcionários, distribuidos na repartição, delegação aduaneira, a Administração Geral Tributária (AGT) e o gabinete de inspeção de finanças.

Leia também
  • 08/11/2018 17:03:30

    Governo pede fim à fuga ao fisco

    Cuito - O governador da província do Bié, Pereira Alfredo defendeu hoje, na cidade do Cuito, a necessidade da Delegação das Finanças pôr fim à fuga ao fisco, para que o Estado possa aumentar a colecta de receitas.

  • 01/11/2018 18:09:54

    Economia quer valorizar mulher rural

    Lubango - A mulher rural deve ser mais valorizada, por ser o pivô da agricultura familiar e o agente da geração de rendimento colectivo, considerou hoje, no Lubango, o ministro da Economia e do Planeamento, Pedro Luís da Fonseca.

  • 01/11/2018 17:51:34

    "Triângulo do milho" mais valorizado pelo Executivo

    Lubango - Os municípios de Caconda, Caluquembe, Chicomba, Chipindo e Quipungo, regiões que compreendem o chamado "triângulo do milho", na província da Huíla, terão maior atenção do Executivo, por representar mais de 50% da produção de cereais em Angola, afirmou hoje, no Lubango, o secretário de Estado da Agricultura, Carlos Alberto Jaime.

  • 01/11/2018 17:43:18

    Jardins da Yoba produz 25 toneladas de milho híbrido

    Lubango - A empresa agro-industrial "Jardins da Yoba", situada no município da Chibia, na província da Huíla, prevê nos próximos 120 dias colher 25 toneladas de sementes de milho híbrido, que poderão ser lançadas à terra de forma experimental por agricultores em vários pontos do país, informou, hoje, no Lubango, o seu director de produção, João Saraiva.