Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

12 Fevereiro de 2018 | 19h49 - Actualizado em 12 Fevereiro de 2018 | 19h49

Livro de reclamações com poucas vendas

Saurimo - Duzentos livros de reclamações é o número de exemplares comercializados, em Saurimo, pelos Serviços províncias do Instituto Nacional de Defesa do Consumidor (INADEC) na Lunda Sul, em 2017, quantidade considerada baixa pelo responsável local da instituição, Domingos Muatelembe.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Em declarações à Angop, o responsável disse que desde o seu lançamento em Outubro de 2017, os únicos comerciantes que manifestaram interesse em ter o livro em sua posse são aqueles que não pretendem se ver  "a braços com a lei".

Explicou que o número de exemplares comercializados não satisfaz, porque a província conta com mais de 727 comerciantes controlados pela direcção provincial do comércio, hotelaria e turismo.

Domingos Muatelembe disse que para reverter o quadro, o Inadec tem sensibilizado os comerciantes, para incentiva-los a adquirirem este importante manual de apoio à actividade comercial.

Leia também
  • 05/11/2018 12:48:21

    Camponeses de Nacatenga recebem inputs agrícolas

    Saurimo - Vários "inputs agrícolas" e sementes, como sementes de milho, adubos, enxadas, catanas e outros meios, foram entregues domingo, na aldeia do Nacatenga, 20 quilómetros da comuna do Muriege, município do Muconda (Lunda Sul), com vista a aumentar a produção.

  • 22/10/2018 14:35:58

    Governo e Catoca analisam investimentos socioeconómicos

    Saurimo - O governo da Lunda Sul e a Sociedade Mineira de Catoca estudam a possibilidade de aprofundar e melhorar a cooperação existente nos domínios da educação, saúde, agricultura e desporto, nos próximos quatro anos.

  • 22/10/2018 14:26:40

    Sobas devem denunciar garimpeiros ilegais nas zonas diamantíferas

    Cacolo - A necessidade das autoridades tradicionais sedeadas no município do Cacolo, província da Lunda Sul, denunciarem a existência de garimpeiros ilegais nas zonas diamantíferas, foi defendida hoje, segunda-feira, em Saurimo, pelo governador provincial, Daniel Félix Neto.

  • 22/10/2018 14:15:28

    Gabinete da energia quer construir central fotovoltaica

    Cacolo - O Gabinete provincial da Energia e Água na província da Lunda Sul estuda a possibilidade de construir, no próximo ano, no município de Cacolo, numa primeira fase, uma central fotovoltaica, com capacidade para um megawatt, para oferecer energia eléctrica a mais de 27 mil habitantes.