Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

08 Novembro de 2018 | 15h09 - Actualizado em 08 Novembro de 2018 | 15h37

Reforma no sector dos petróleos reforça cooperação com Noruega

Luanda - O ministro conselheiro da Embaixada da Noruega em Angola, Havard Hoksnes, elogoiu, quarta-feira, as reformas em curso no sector dos petróleos em Angola, uma iniciativa que reforça a cooperação entre os dois países neste domínio.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Para Havard Hoksnes,  o contexto actual das reformas no campo petrolífero buscam  um impacto positivo para as companhias internacionais.

Ao falar à margem do  seminário sobre " Boa Gestão dos Recursos Petrolíferos,  baseado na Experiência norueguesa",  referiu tais reformas também  terão impacto positivo na vida da população, tendo em conta a subida do preço do barril de petróleo.

" As reformas feitas pela administração do Presidente João Lourenço  tem um impacto positivo para o sector",  sublinhou o diplomata.

No âmbito da cooperação entre os dois países,   peritos do Ministério dos Petróleos e Energia da Noruega estão em Luanda, desde quarta-feira,   para troca de experiências de estratégias de gestão deste sector,  com quadros do Ministério dos Recursos Minerais e Petróleo de Angola.

Durante o referido seminário,  a representante do Ministério dos Petróleos e Energia da Noruega,  Mette Karine Gravdaht defendeu que  as receitas petrolíferas devem ser geridas em beneficio de todos.
 

A Noruega,  de acordo com a representante,  explora petróleo em offshore  desde 1965,  e actualmente,  conta 85 campos de produção de petróleo e gás,  explorados por  com 52 companhias.

A produção actual de petróleo ronda os dois milhões de barris dia,  além da exploração de gás.



 

Assuntos Petróleos  

Leia também
  • 08/11/2018 07:36:49

    Angola/Zâmbia: Oleoduto avaliado em cinco mil milhões de USD

    Luanda - Cerca de cinco mil milhões de dólares americanos é o montante previsto pelo governo zambiano, para a construção do oleoduto que poderá ser implementado entre Angola e a Zâmbia disse, na noite desta quarta-feira, em Luanda, o ministro dos Recursos Minerais e Petróleos de Angola, Diamantino Azevedo.

  • 05/11/2018 12:56:08

    Angola e Zâmbia assinam memorando no domínio de Petróleo e Gás

    Luanda - Os governos de Angola e Zâmbia assinaram hoje, em Lusaka, um memorando de entendimento no sector de petróleo e gás, documento que poderá abrir caminho para construção de um Pipeline (oleoduto), projecto proposto pela Zâmbia.

  • 04/11/2018 22:01:47

    Peritos de Angola e Zâmbia preparam reunião ministerial sobre petróleo e gás

    Lusaka - Especialistas angolanos e zambianos realizaram neste domingo, em Lusaka, um encontro a fim de preparar a reunião desta segunda-feira entre o ministro angolano dos Recursos Minerais e Petróleos, Diamantino Azevedo, e seu homólogo zambiano da Energia, Matthew Nkhuwa.