Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

06 Dezembro de 2018 | 16h45 - Actualizado em 06 Dezembro de 2018 | 16h43

Portal da produção nacional ajudará aumentar as exportações e diminuir as importações

Caxito - O portal de divulgação da produção nacional, recentemente lançado pelo Governo, poderá ajudar aumentar as exportações e diminuir as importações, afirmou hoje, quinta-feira, em Caxito (Bengo), a técnica do Ministério da Economia e Planeamento, Indira Soares.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Em declarações à imprensa, a especialista explicou que com isso serão priorizados os produtos nacionais, evitando deste modo as importações de produtos que o país também produz e em grande escala.

“O que nós queremos é que os produtores nacionais consigam chegar aos consumidores finais e qualquer pessoa pode ter acesso ao portal, devendo registar-se normalmente com o número de telefone e uma senha, que automaticamente vai dar a possibilidade de entrar para ver os produtos registados pelos produtores”, ressaltou.

A técnica do Ministério da Economia e Planeamento, Indira Soares, que falava à margem da acção formativa sobre o portal de divulgação da produção nacional, explicou que o objectivo do seminário é a difusão do portal feito em Angola, para que os produtores nacionais e seus representantes possam difundir de forma gratuita os seus produtos.

Segundo Indira Soares, os administradores municipais serão responsáveis por gerir a plataforma com uma senha diferente e vão ter a competência de certificar a produção inserida no portal.

Realçou que a formação destinada para capacitar os administradores municipais, directores dos Gabinetes Provinciais da Agricultura e Florestas, Pescas, Desenvolvimento Integrado e associações de produtores locais, abrangerá os produtores representados nas 18 províncias do país para melhor divulgação do portal.

Sobre o acesso à Internet, Indira Soares disse que existem muitos problemas, mais tudo foi pensado de forma a facilitar os produtores e os camponeses, razão pela qual os administradores terão a responsabilidades de poder ajudá-los para ter acesso ao portal.

O portal de divulgação da produção nacional, enquadra-se no programa de Apoio à  Produção Nacional, Diversificação das Exportações e Substituição de Importações – PRODESI, o Governo, busca, com este dispositivo, a promoção da actividade produtiva interna e as transacções comerciais.

Para ter acesso à informação da oferta dos produtos feitos em Angola, os consumidores e o público em geral, poderão consultar o portal www.ppn.co.ao.

Assuntos Província » Bengo  

Leia também
  • 22/11/2018 23:35:10

    Burocratização no sector mineiro preocupa operadores

    Caxito - Os representantes das empresas do sector mineiro que participaram quarta-feira, em Caxito, província do Bengo, no 5º seminário regional sobre os recursos minerais e comercialização de derivados de petróleo manifestaram-se preocupados com a burocratização no sector devido a fraca regulamentação da legislação vigente no país.

  • 22/11/2018 13:35:30

    Operadores mineiros esclarecidos sobre metodologias de recolha de estatísticas

    Caxito - As direcções dos gabinetes provinciais do Bengo e Luanda e os operadores do sector mineiro foram esclarecidos, nesta quarta-feira, em Caxito, sobre as metodologias de recolha e processamento de dados das estatísticas mineiras.

  • 22/11/2018 10:49:23

    Seminário regional recomenda maior fiscalização do sector mineiro

    Caxito - A necessidade de uma maior regularidade na actividade de fiscalização e inspecção do sector mineiro com envolvimento directo dos governos provinciais, consta das recomendações do 5º seminário regional sobre os recursos minerais e comercialização de derivados do petróleo realizado nesta quarta-feira, em Caxito, província do Bengo.