Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

14 Abril de 2018 | 18h46 - Actualizado em 14 Abril de 2018 | 18h44

Destacada importância do empreendedorismo juvenil

Humpata - O empreendedorismo juvenil contribui para o crescimento dos municípios, com o aumento da produção de bens e serviços para as populações, redução das assimetrias e desigualdades sociais e promoção do emprego e estabilidade das famílias, considerou hoje, nesta cidade, o membro da comissão de pais e encarregado de educação do Instituto Politécnico da Humpata, Humberto Miguel.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O responsável que falava sobre o tema  “O papel do empreendedorismo juvenil no crescimento económico e social dos municípios”, nas 10ª jornadas cientifíco-pedagógicas do Instituto Politécnico da Humpata (IPH), sob o lema "IPH-10 anos na formação de técnicos profissionais, contribuindo para a qualificação da mão-de-obra das empresas".

Admitiu que só com o empreendedorismo juvenil vai se poder rapidamente diversificar a economia nacional, com isso promover as exportações, reduzir a dependência das divisas e controlar o nível de preços.

“Não é possível promover crescimento económico sem trabalho, falar de trabalho é falar de pessoas economicamente activas e essas devem ser rigorosamente jovens, ora em Angola a juventude esta sobretudo nos municípios, daí ser os jovens a quem está entregue a responsabilidade de resolver grande parte dos problemas socias do pais”, afirmou.

Declarou que a medida que as sociedades vão evoluindo, não só se tornam velhas as pessoas, como ficam obsoletas as suas ideias e párticas, cabendo a camada juvenil, a responsabilidade de rever e modernizar tais práticas, tendo em conta não só novos desafios, como também novas necessidades e estilos de vida.

As jornadas realizadas anualmente pela instituição, têm a duração de dois dias, visam despertar o espírito de pesquisa e o intercâmbio de conhecimentos entre os estudantes formados pela instituição e aqueles que estão em formação, potenciando, desta forma, as capacidades dos mesmos para a sua inserção no mercado de trabalho.

Para além do “Papel do empreendedorismo juvenil no crescimento económico e social dos municípios”, vão estão a ser abordados temáticas como a “Organização geral da indústria como base para a diversificação da economia”, “Transformação do som em energia eléctrica”, “Aplicação da informática no processo de ensino e aprendizagem”, entre outras.

Leia também