Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

17 Maio de 2018 | 15h18 - Actualizado em 17 Maio de 2018 | 15h18

Litoral vai contar com quatro novas subestações de energia

Benguela - A região costeira da província, que integra os municípios de Benguela, Baía Farta, Catumbela e Lobito, vai contar, até finais deste ano, com quatro novas subestações energéticas com capacidade de 50 MVA cada, um investimento de 89.985 mil dólares, suportado pela linha de crédito da China.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Arquivo: Subestação

A informação foi avançada nesta quinta-feira, à Angop, pelo director de projectos da Empresa Nacional de Distribuição de Electricidade (ENDE), em Benguela, João Pinto, à margem da sua participação na 8ª edição da Feira Internacional de Benguela (FIB), que decorrer 16 a 20 de Maio, nesta cidade.    

Segundo o responsável, o projecto, cuja construção das subestações teve início a 12 de Setembro de 2016, deverá ser entregue ao dono (ENDE) pela construtora CTCE Groupe Co.LTD , impreterivelmente, até 31 de Dezembro de 2018.

Com a sua entrada em funcionamento, disse, as quatro unidades produtivas vão permitir, entre outras valências, a disponibilização de 22.500 ligações domiciliárias, além de atender zonas industriais e produtivas. 

O responsável referiu que actualmente estão registados por contratos, nos quatro municípios, 103 mil e 737 clientes que beneficiam de mais de 790 postes de transformação de energia, numa taxa de cobertura calculada em 96,6 porcento. 

O director de projectos afirmou que, neste momento, a zona litoral está consumir entre 115 a 110 Megawatts de demanda total, não havendo, por isso défice em termos de fornecimento de energia eléctrica. 

“Vamos acompanhando a situação, porque na medida que se vai fazendo a expansão, maior será a necessidade de consumo e de investimentos em termos de rede”, frisou, admitindo a possibilidade de redução dos níveis de consumo, devido ao período menos quente se vive. 

A expansão de rede compreende um total de 96,2 quilómetros de comprimento de rede de alta tensão, 398, 46 quilómetros de média tensão, 16,290 quilómetros de baixa tensão. 

A província que conta com outros seis municípios do interior (Bocoio, Balombo, Caimbambo, Chongoroi, Ganda e Cubal) tem uma cobertura de 27 porcento de fornecimento de energia eléctrica. 

Leia também
  • 17/05/2018 11:43:41

    Feira de Benguela vai atrair investimentos

    Benguela - A Feira Internacional de Benguela (FIB) abriu as suas portas nesta quarta-feira, numa cerimónia presidida pelo governador provincial, Rui Falcão,que aos empresários nacionais a promoverem negócios e produtos durante a exposição.

  • 16/05/2018 19:07:33

    Seminário sobre gestão do agro-negócio acontece em Benguela

    Benguela - Gestores de instituições financeiras e outros serviços empresariais da província de Benguela participam quinta-feira num seminário sobre Gestão do Agro-negócio, numa iniciativa da empresa Angola School of Management (ASM) no quadro da comemoração dos 401 anos da cidade, a assinalar-se a 17 deste mês.

  • 11/05/2018 14:20:11

    Praga diminui produção agrícola na Baía Farta

    Baía Farta - A produção agrícola no município da Baía Farta, província de Benguela, em 2017, foi quase nula, devido a existência de uma praga denominada "Tuta" que devasta as culturas desde 2016.