Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

12 Junho de 2018 | 18h50 - Actualizado em 12 Junho de 2018 | 18h50

Gestores públicos em formação sobre Sistema de Informação

Lubango - Gestores das bases de dados das unidades técnicas, administradores municipais e agentes da administração local do Estado participam desde hoje, terça-feira, no Lubango, província da Huíla, da primeira fase do curso do Sistema de Informação Básica Municipal (SIBM).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A actividade é uma iniciativa do Fundo de Apoio Social (FAS), em parceria com o Instituto de Formação da Administração Local (IFAL) e visa, junto dos participantes, transmitir conhecimentos práticos sobre o papel do SIBM, com instrumentos de análise local e nacional, no processo de planeamento e gestão territorial para o desenvolvimento e na tomada de decisão local.

Durante quatro dias, vão abordar matérias ligadas ao sistema de gestão interface, aspecto técnico e como alimentar o sistema de informação básica municipal, análise de dados e descargas das informações dos telemóveis para a base de dados do computador.

Ao proceder a abertura do certame, a directora nacional-adjunta do FAS, Helena Florinda do Amaral, considerou que com a instalação das bases de dados, das quais quatro da província da Huíla, constitui uma ferramenta de gestão de informação imprescindível  que permite congregar numa única plataforma de comunicações a nível dos 164 municípios que comporta Angola.

Por esta via, a presente formação constituirá, igualmente, o ponto de partida para a conexão de todos municípios da província da Huíla na plataforma do SIBM, pela quantidade de informação disponível em cada localidade, que será acompanhada não apenas pelo FAS, mas por todas as pessoas que tenham a senha de acesso.

A vice-governadora da Huíla para o sector politico, social e económico, Maria João Chipalavela, considerou que a governação do país depende, em grande medida, de uma informação real e concreta para que a qualidade de vida seja um elemento autêntico e desejado. 

Segundo a fonte, estes instrumentos vão ajudar no processo de governação cada vez mais participativo e ao mesmo tempo ajustar-se-ão ao cumprimento de vários desafios de desenvolvimento sustentável fundamentais para avaliações de indicadores de impacto e de resultados das intervenções atinentes a qualidade de vida dos cidadãos a todos níveis.

Iniciado em 2014, o SIBM surge da necessidade de obter uma plataforma de recolha e tratamento de dados com suporte à planificação, gestão municipal e diagnósticos institucional da administração do território de modo rápido, automatizado e fidedigno.

A formação conta com 46 gestores provenientes dos municípios de Cacula, Caluquembe, Gambos, Humpata, Quipungo, Caconda, Chibia, Quilengues e Lubango, Huila.

Leia também
  • 11/06/2018 12:39:32

    Fábrica de plásticos inicia actividade na Humpata

    Humpata - Quinze novos postos de trabalho foram criados com a abertura, no fim-de-semana, no município da Humpata, de uma fábrica de plásticos denominada "Huíla Packaging-SA", um investimento de 5,8 milhões dólares namibianos.

  • 08/06/2018 15:35:35

    Campanha agrícola rende mais de 56 mil toneladas de produtos diversos

    Lubango - Cinquenta e seis mil e 955 toneladas de produtos diversos foram colhidos na segunda fase da campanha agrícola 2017-2018, que envolve os meses de Fevereiro a Maio do ano em curso, informou hoje, no Lubango, o director do gabinete provincial da agricultura, pecuária e pescas, Lutero Campos.

  • 07/06/2018 16:43:35

    Gestor recomenda vigilância epidemiológica extensiva do gado

    Lubango - A vigilância epidemiológica do gado deve ser mais extensiva, acompanhada de um processo de reabilitação das infra-estruturas pecuárias, para um melhor aproveitamento da carne animal, considerou hoje, no Lubango, director do gabinete provincial da Agricultura, Pecuária e Pescas da Huíla, Lutero Campos