Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

13 Junho de 2018 | 19h05 - Actualizado em 13 Junho de 2018 | 19h04

Inflação menor em Maio

Luanda - A inflação, medida pelo Índice de Preços no Consumidor (IPC), nos meses de Abril e Maio último situou-se em 1,20%, uma redução de 0,15 pontos em relação aos períodos anteriores.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Foto: David Dias

No período de  Março a  Abril deste ano, o IPC registou uma variação mensal, de 1,35%, cerca de 0,06 pontos percentuais superior a registada no período anterior.

Tendo  como  referência a província  de Luanda, a  classe “lazer, recreação e cultura” foi a que registou o maior aumento de preços com 2,30 %.

De acordo com os dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) referente  a  folha de informação rápida do Índice de Preços no Consumidor Nacional (IPCN) referente ao mês de Maio deste ano,  a que a Angop teve  acesso,  destaca  também  o aumento  dos  preços  verificados  nas classes “bens e  serviços  diversos” com 1,53%, “vestuário e calçado” com 1,32%  e “bebidas alcoólicas e tabaco” com 1,27%.

 As províncias  de Malange,  Cunene ,  Moxico e Cuanza  Sul  foram as que registaram  maior aumento,  de 2,90%,  1,92%,  1,91% e 1,71%, respectivamente.

 Já as províncias com menor variação foram  Bié com 0,95%, Lunda-Sul com 1,15%, Namibe com 1,17% e Huíla com 1,19%.

No período de  Março a  Abril deste ano, o IPG registou uma variação mensal, de 1,35%, cerca de 0,06 pontos percentuais superior a registada no período anterior.

 A variação homóloga do mês de Abril de 2017 a Abril de 2018 foi de 15,57%, registando uma diminuição de 13,68 pontos percentuais em relação ao mês homólogo.

Neste período,  a taxa de inflação homóloga experimentou uma aceleração de Maio de 2016 a Maio de 2017, seguida de ligeira desaceleração e estabilidade de Junho 2017 a Abril de 2018.
 
 

Assuntos Economia  

Leia também
  • 05/02/2019 19:14:15

    Angola quer ajuda francesa para edificar economia forte

    Luanda - O Executivo angolano está a contar com ajuda do Governo francês para a edificação no País de uma economia forte, menos dependente do petróleo, competitiva e capaz de gerar prosperidade.

  • 04/02/2019 12:48:02

    Luanda acolhe Fórum Empresarial França-Angola

    Luanda - Um Fórum Empresarial França-Angola, que contará com a participação de uma comitiva de representantes de grandes empresas francesas do Movimento de Empresários Francês (MEDEF), será realizado na próxima terça-feira (5), em Luanda.

  • 02/02/2019 07:25:27

    Metas do Prodesi passam por financiamento bancário

    Luanda - Os bancos comerciais terão papel fundamental, através da disponibilização do crédito, nos projectos do Programa de Apoio à produção, diversificação das exportações e substituição das importações "PRODESI", argumentaram economistas ouvidos pela Angop.

  • 02/02/2019 06:20:13

    Economistas consideram oportuna revisão do OGE/2019

    Luanda - O economista Lopes Paulo considerou nesta quinta-feira, em Luanda, um imperativo a revisão em baixa do Orçamento Geral do Estado (OGE/2019), com preço referência do barril de petróleo a situar-se entre 50 a 55 dólares.