Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

14 Junho de 2018 | 12h36 - Actualizado em 14 Junho de 2018 | 12h50

Sonangol vai formar 40 técnicos em refinação na Itália

Luanda - Quarenta técnicos da Sonangol serão seleccionados para uma formação na Itália, a fim de aumentar seus conhecimentos em matéria de refinação nas unidades de produção e gás da petrolífera ENI.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Detalhe da Refinaria de Luanda

Foto: Henri Celso

O objectivo da concessionária angolana de hidrocarbonetos é capacitar os técnicos angolanos, de tal maneira que participem da manutenção da Refinaria de Luanda nos próximos anos, já que a unidade deve passar por acções de conservação em intervalos de cinco anos.

A unidade está sem manutenção desde 2010 e prevê, entre os meses de Setembro e Outubro deste ano, realizar num intervalo de 40 a 60 dias.

A Refinaria de Luanda foi inaugurada em Maio de 1958, com uma capacidade de processamento de 280 toneladas de gasolina/dia.

O Presidente do Conselho de Administração da Sonangol, Carlos Saturnino, que deu essa informação após a assinatura de um acordo com a ENI, nessa quarta-feira, não disse quando os técnicos começam a ser formados, mas esclareceu que passarão antes por um teste de selecção a nível interno.

Noutra vertente, o gestor explicou que a empresa, no âmbito do seu Programa de Regeneração, está a trabalhar para enquadrar os técnicos sem colocação e possui já uma lista dos quadros que aguardam colocação.

O Programa de Regeneração, segundo Carlos Saturnino, vai trabalhar nos aspectos ligados à estratégia, estrutura organizacional e quadro do pessoal ou seja o capital humano, aliado ao desenvolvimento de competências do grupo Sonangol.

A nova administração da Sonangol  foi empossada há seis meses.

Assuntos Economia  

Leia também
  • 14/06/2018 12:58:20

    Infra-estruturas de controlo da qualidade devem ser melhoradas

    Luanda - As infra-estruturas nacionais de controlo da qualidade devem ser melhoradas, para a boa aceitação dos bens e serviços do país nos mercados com maior concorrência e com padrões de qualidade internacionalmente reconhecidos.

  • 14/06/2018 11:20:37

    Diversificação económica requer boas práticas da actividade inspectiva

    Luanda - O sucesso da estratégia para diversificação da economia e o fomento das exportações requerem a observância de boas práticas na actividade inspectiva, com impacto no trabalho da administração pública, das empresas produtoras de bens e prestadoras de serviços, declarou hoje o ministro de Estado e Chefe da Casa Civil do Presidente da República, Frederico Cardoso.

  • 13/06/2018 20:47:25

    Angola produz apenas 6,6% da gasolina que consome

    Luanda - Dos cinco mil metros cúbicos de gasolina que Angola consome diariamente, produz apenas 330 metros/dia, correspondente a 6,6 porcento do total.