Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

13 Julho de 2018 | 02h16 - Actualizado em 12 Julho de 2018 | 19h07

Repartição fiscal regista diminuição de receitas no 1º semestre

Sumbe - Um bilião, 433 milhões e 425 mil e 839 kwanzas é o valor arrecado pela repartição fiscal do Sumbe, província do Cuanza-Sul ,durante o primeiro semestre do ano em curso, menos 179 milhões 41 mil e 511 kwanzas, em relação ao período homólogo de 2017, fruto das cobranças de impostos.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A informação foi avançada hoje à Angop, no Sumbe, pelo responsável da Repartição Fiscal local, José Rocha.

Referiu ter havido uma diminuição na cobrança de impostos de 179 milhões 41 mil e 511 Kwanzas, devido ao atraso no pagamento por parte do Estado a muitas empresas.

Disse que muitas empresas alegam a falta de liquidação para suportar o pagamento de impostos.

Os valores, segundo a fonte, são provenientes dos impostos de rendimento de trabalho, selo e de taxas de circulação, imposto  predial.


O responsável informou que a repartição vai continuar a desencadear acções tendentes a desencorajar a fuga ao fisco, com vista a arrecadação de mais receitas para o Estado.


A repartição fiscal conta com sete mil 456 contribuintes.

Leia também
  • 02/02/2019 17:06:36

    Angola: Contabilistas públicos buscam transparência na execução do erário

    Luanda - A aplicação do quadro Normativo Contabilístico Internacional (IPSAS) no sector público em Angola, previsto até 2023, pode contribuir na melhoria da imagem da país no exterior e conquistar uma maior confiança dos investidores, disse este sábado, em Luanda, a especialista Ana Calado Pinto.

  • 02/02/2019 06:20:13

    Economistas consideram oportuna revisão do OGE/2019

    Luanda - O economista Lopes Paulo considerou nesta quinta-feira, em Luanda, um imperativo a revisão em baixa do Orçamento Geral do Estado (OGE/2019), com preço referência do barril de petróleo a situar-se entre 50 a 55 dólares.

  • 02/02/2019 00:09:42

    Cuanza Sul: Governador defende intensificação da actividade agrícola

    Wako kungo - O governador provincial do Cuanza Sul, Job Capapinha, defendeu sexta-feia, no Wako Kungo, município da Cela, província do Cuanza-Sul, a intensificação da actividade agrícola, para a diversificação da economia local.

  • 31/01/2019 16:28:12

    AGT arrecada AKz 4,7 mil milhões com IPU

    Luanda - A Administração Geral Tributária arrecadou quatro mil milhões, 764 milhões, 728 mil 999 kwanzas, com a cobrança, nos últimos 29 dias, da primeira prestação do Imposto Predial Urbano (IPU) sobre a Renda e Património, tendo um aumento na ordem dos 15%.