Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

14 Setembro de 2018 | 17h08 - Actualizado em 14 Setembro de 2018 | 17h08

Receitas do turismo com queda de AKz 2 mil milhões

Luanda - Dez mil milhões de kwanzas é o valor de receitas arrecadadas pelos serviços hotelaria e turismo do País em 2017, um decréscimo de dois mil milhões de kwanzas em relação a 2016.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Apesar da queda registada, segundo o director do gabinete de estudos de planeamentos estatísticos do Ministério do Turismo, Mauro Jacob Luís, que falava à Angop, as receitas dos serviços hoteleiros e similares representam para o PIB nacional cerca de 3,5 %.

Nos últimos quatro anos, disse, o desenvolvimento do sector turístico sofreu com a influência negativa da desaceleração da economia ao nível internacional, que gerou na economia nacional a contracção da actividade económica, o aumento exponencial das taxas de inflação, degradação dos indicadores do sector fiscal e a redução significativa das reservas internacionais líquidas.

Segundo Mauro Jacob Luís, esta situação fez com que as metas do sector preconizadas no Plano Nacional de Desenvolvimento (2013/2017) não fossem alcançadas.

Frisou que os resultados do sector espelham uma forte redução na entrada de turistas (33%) em 2017 face ao ano anterior.

No período em referência, o número de pessoas empregadas no sector reduziu 15%, o investimento em novas unidades retraiu 34%, tendo em 2017 se registado o surgimento de 18 novas unidades e 936 quartos.

A taxa média de ocupação das unidades hoteleiras do País passou de 40,76% em 2016 para 36, 22% em 2017, contudo, os dados disponíveis apontam que, no discurso do ano de 2016 e 2017.

Para mudar o actual cenário, director informou que a estratégia traçada no plano de Desenvolvimento para o sector está alinhada com o Plano Estratégico 2025, que tem por objectivo obter recursos turísticos numa base sustentável, com o máximo de benefícios sociais e económicos para os angolanos.

Assuntos Turismo  

Leia também
  • 29/01/2019 17:24:08

    Angola e Espanha assinam memorando no domínio turístico

    Luanda - Angola e Espanha assinaram segunda-feira, em Madrid, um memorando para promover a cooperação entre os sectores turísticos dos dois países, tanto de carácter público como privado.

  • 25/01/2019 12:42:16

    Angola na 39ª edição da feira de turismo de Madrid

    Luanda - Angola participa desde quinta-feira, através do Ministério do Turismo, na 39ª edição da FITUR - Feira Internacional de Turismo de Madrid.

  • 18/01/2019 16:47:17

    Redução do turismo interno afecta taxa de ocupação de hotéis

    Luanda - A redução do movimento do turismo interno, resultado da má conservação das estradas que ligam as províncias e do elevado preço dos bilhetes de viagem, está a influenciar negativamente a taxa de ocupação de hotéis e resorts do País.

  • 25/12/2018 20:41:45

    Retrospectiva2018: Hotéis ajustam padrões

    Luanda - O sector do turismo marcou importantes passos no ano de 2018, focando as suas actividades no reforço da fiscalização, licenciamento de novos operadores e no ajustamento das unidades hoteleiras aos padrões internacionais.