Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

11 Fevereiro de 2019 | 11h47 - Actualizado em 11 Fevereiro de 2019 | 16h10

País ganha nova fábrica de lapidação de diamantes

Luanda - Uma nova fábrica de lapidação de diamantes e de pedras especiais será inaugurada, esta terça-feira (dia 12), em Luanda, como resultado de uma parceria entre investidores privados angolanos e a Sociedade de Comercialização de Diamantes de Angola (SODIAM).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Amostra de uma pedra de diamante

Foto: portal.angop.ao

Trata-se da Stone Polished Diamond (SPD), instalada numa área de 400 metros quadrados em Talatona, num investimento acima de cinco milhões de dólares, dez por cento dos quais pertencentes à SODIAM, refere uma nota da referida empresa privada chegada hoje à Angop.

O documento informa que a linha de produção da unidade fabril é composta por equipamentos de alta tecnologia, de vanguarda tecnológica mundial na actividade de lapidação, capazes de posicionarem a SPD entre os centros de lapidação mais bem equipados do mundo. 

A mesma, segundo a nota, está equipada com sistemas de segurança avançados e inicialmente irá lapidar diamantes de três a dez quilates e pedras especiais. Durante o primeiro ano de funcionamento vai lapidar dois mil quilates de pedras mensalmente.

“Seis meses após ao arranque das operações iniciar-se-á a fase de expansão do projecto, com a entrada em funcionamento de um segundo turno de trabalho, que conduzirá à integração de mais 30 trabalhadores”, lê-se no comunicado.

A política da empresa, acrescenta o informe, passa por dar primazia à mão de obra angolana, à qual facilitará formação específica para que a qualidade do trabalho e dos diamantes lapidados esteja ao nível do que melhor se faz nos maiores centros de lapidação de diamantes do mundo. 

Esta fábrica junta-se à "Angola Polishing Diamond - S.A”, inaugurada na capital do país em 2015, com capacidade de processar anualmente pedras preciosas avaliadas em cerca de 240 milhões de dólares americanos, numa parceria entre a SODIAM e a firma "LLD Diamonds", do grupo israelita Lev Leviev, o maior lapidador mundial de diamantes.

Ainda este ano começa a ser instalada uma fábrica de corte e lapidação de diamantes, em Saurimo (província da Lunda Sul), com capacidade de processar quatro quilates de diamante bruto/mês, como parte do plano estratégico da SODIAM, para o quinquénio 2018/2022.

Assuntos Diamantes  

Leia também
  • 31/01/2019 21:17:30

    Sodiam arrecada USD 16,7 milhões com 1º leilão de diamantes

    Luanda - Pelo menos 16,7 milhões de dólares norte-americanos foram arrecadados pela Sodiam, resultado da realização quarta-feira e hoje (quinta-feira) do primeiro leilão de sete pedras de diamantes brutos de grande quilate do projecto Lulo, situado na província da Lunda Norte.

  • 28/01/2019 18:37:48

    Angola organiza seis leilões de diamantes/ano

    Luanda - Seis leilões de venda de diamantes brutos de Angola serão realizados anualmente, anunciou nesta segunda-feira, em Luanda, o presidente da Sociedade Nacional de Comercialização de Diamantes "Sodiam", Eugénio Bravo da Rosa.

  • 28/01/2019 15:52:34

    Quarenta empresas inscritas no 1º leilão de diamantes brutos

    Luanda - Pelo menos 40 empresas estão inscritas para participar no primeiro leilão de diamantes brutos de Angola, uma iniciativa que visa reforçar o compromisso com a inovação e a transparência na indústria diamantífera, informou o ministro dos Recursos Minerais e Petróleos, Diamantino Azevedo.