Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

14 Março de 2019 | 19h50 - Actualizado em 14 Março de 2019 | 19h50

Macon reforça frota de autocarros

Luanda - Cinquenta e cinco novos autocarros da empresa Macon (serviços de transporte rodoviário de passageiros) entram em circulação nesta sexta-feira, para reforçar as rotas inter-provínciais.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Autocarro da Macon (arq)

Foto: Pedro Moniz Vidal

De acordo com uma nota de imprensa a que a Angop teve hoje acesso, os meio foram adquiridos na China e custou dos cofres da empresa seis milhões e quinhentos mil dólares norte-americanos e visa melhorar os serviços prestados, bem como a substituição de alguns veículos em estado avançado de degradação.

O acto de entrega sexta-feira dos referidos meios será em simultâneo, com abertura do novo terminal de embarque, situado no distrito urbano da Maianga.

Criada em Maio de 2001, a Macon dispõe de 64 rotas inter-provínciais e transporta em média 58 milhões de passageiros/ano.

Recentemente, a empresa iniciou as operações para a vizinha Namíbia e perspectiva abertura da rota Luanda/Kinshasa, na República Democrática do Congo.

Assuntos Transporte  

Leia também
  • 12/03/2019 18:32:19

    Limitação da frota na origem das "falhas" de voos da TAAG

    Luanda - Os consecutivos reajustes na grelha de voos da TAAG - Linhas Aéreas de Angola - e frequentes cancelamentos de viagens nas rotas domésticas, desde 2017, têm a ver com a "indisponibilidade de aeronaves", informou o presidente da Comissão Executiva da companhia, Rui Carreira.

  • 11/03/2019 17:43:41

    Disparidade de preços na TAAG deve-se a custos operacionais

    Luanda - O presidente da Comissão Executiva da TAAG - Linhas Aéreas de Angola, Rui Carreira, justificou hoje que a disparidade entre os preços dos bilhetes para os voos domésticos e regionais africanos se deve aos custos operacionais em algumas rotas aparentemente menos onerosas.

  • 11/03/2019 17:13:18

    TAAG quer poupar USD 4 milhões/ano com corte de lanches

    Luanda - Pelo menos quatro milhões de dólares é o valor mínimo que a TAAG - Linhas Aéreas de Angola S.A - pretende poupar anualmente, em virtude do corte, desde o dia 1 de Fevereiro, das refeições durante as viagens inter-provinciais.