Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

17 Abril de 2019 | 12h26 - Actualizado em 17 Abril de 2019 | 13h47

Receitas fiscais aumentam em 18 % no primeiro trimestre

Ndalatando - A província do Cuanza Norte registou um aumento das receitas fiscais na ordem dos 18,54 por cento, de Janeiro a Março deste ano, marcado pela arrecadação de mais de 1,5 mil milhões de kwanzas (AKz).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Em relação ao igual período de 2018, em que se arrecadou 1,08 mil milhões de kwanzas, as receitas fiscais registaram um incremento de 494,1 milhões kwanzas.

Estes dados constam do balanço trimestral da Delegação Provincial de Finanças a que a Angop teve acesso hoje, quarta-feira. O documento indica que as receitas aumentaram em função do reforço da mobilização dos contribuintes sobre as consequências do incumprimento das obrigações fiscais, alargamento da base tributária, reforço da fiscalização e combate à fuga ao fisco.

Entre as rubricas, os tributos que mais renderam são o imposto sobre rendimentos 1,25 mil milhões kwanzas (64,9% ), seguido do imposto de consumo, 286, 1 milhões kwanzas (18 %), imposto sobre lucro das actividades económicas, com AKz 131,46 milhões (8,2%) e imposto de selo com AKz 85,8 milhões (5,4%).

A repartição fiscal de Ndalatando (capital da província), com AKz 1,20 milhões kwanzas (64, 59) foi a que mais tributo arrecadou, seguido da repartição de Cambambe , com AKz 545,7 milhões ( 34, 55 %), enquanto a repartição de Ambaca colectou 13,5 milhões kwanzas.

Cuanza Norte conta apenas com repartições fiscais instaladas em três dos 10 municípios da província, nomeadamente, Cazengo (sede), Cambambe e Ambaca, estando a extensão dos serviços às demais circunscrições, dependente do aumento de recursos humanos e construção  de infraestruturas.

 Cuanza Norte é uma província situada no extremo Oeste de Angola e a 190 quilómetros de Luanda (capital do país). Compreende uma extensão territorial de 20.252 quilómetros quadrados e tem como principais bases de arrecadações fiscais, o imposto sobre rendimento de trabalho e sobre o consumo de cerveja nacional. Este último pago pela empresa cervejeira Eka.

Leia também
  • 17/04/2019 12:43:25

    Mais de 500 produtores cadastrados no Portal de Produção Nacional

    Malanje - Quinhentos e 57 pequenos e grandes produtores do sector agrícola e industrial da província de Malanje estão inscritos, desde Janeiro deste ano, no Portal de Produção Nacional, plataforma do Ministério da Economia, que tem por finalidade divulgar a produção interna, no âmbito da implementação do Prodesi.

  • 17/04/2019 10:40:06

    Brent abre em alta de 0,44 em Londres

    Londres - O barril de petróleo Brent para entrega em Junho começou a ser negociado, nesta quarta-feira, em alta no mercado de futuros de Londres, cotado a 72,04 norte-americanos, uma variação de 0,44% em relação ao fecho da sessão anterior.

  • 16/04/2019 19:47:31

    Ministro anuncia retoma das obras do troço Onzo/Muxaluando

    Caxito - As obras do troço Onzo/Muxaluando, no município do Nambuangongo, província do Bengo, paralisadas há quatro anos, serão retomadas em breve, segundo anunciou hoje, terça-feira, em Caxito, o ministro da Construção e Obras Públicas, Manuel Tavares de Almeida.