Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

04 Outubro de 2019 | 17h50 - Actualizado em 04 Outubro de 2019 | 19h30

Deputado pede organização do comércio de bens agrícolas

Massango - O deputado do grupo parlamentar do MPLA Alfredo Junqueira Dala defendeu hoje (sexta-feira), maior organização do circuito comercial do sector agrícola, de modo a facilitar a interacção entre produtores e comerciantes.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Ao falar num encontro com a população do município de Massango, o também coordenador adjunto do grupo de deputados que trabalha na província desde quinta-feira, destacou para tal a redefinição da agricultura familiar, por ser a base do sector, assim como a criação de mais cooperativas agrícolas, com vista a acabar com a agricultura de subsistência.

Só assim, acrescentou, os camponeses poderão ter acesso ao crédito agrícola e o apoio do Estado e consequentemente melhorar a qualidade de vida, a julgar pelo vasto potencial que Massango detém no ramo agrícola.

Com estes pressupostos acautelados, o parlamentar disse que o sector agrícola na região poderá gerar postos de trabalho e reduzir a pobreza, que apontou como sendo os problemas que afectam inúmeras famílias.

Durante a auscultação, o parlamentar encorajou a juventude a apostar na formação técnico-profissional, para facilitar a sua inserção no mercado de trabalho.

A deslocação dos deputados ao município de Massango visou igualmente inteirar-se do nível de execução de projectos de impacto sociais e recolher contribuições dos munícipes sobre os projectos a serem inseridos no OGE (Orçamento Geral do Estado) para 2020.

Leia também
  • 04/10/2019 18:37:57

    Comerciantes aplicam IVA com taxa de 24%

    Luanda - O Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA), em vigor desde 01 de Outubro, está a ser aplicado por alguns comerciantes a uma taxa de 24 por cento contra os 14% fixados por lei, denunciou hoje (sexta-feira) o director-geral adjunto do Inadec, Eugénio de Almeida.

  • 04/10/2019 17:48:49

    Jovens inovam e fomentam auto-emprego

    Luanda - Angola regista, nos últimos dois anos, o surgimento de um número cada vez maior de empreendedores, dispostos a revolucionar o mercado de trabalho e "jogar por terra" a tese de quem ainda vê o Governo como único responsável pela geração de empregos.

  • 03/10/2019 18:59:53

    BM e Agência Francesa financiam USD 230 milhões para agricultura

    Malanje - Duzentos e 30 milhões de dólares norte-americanos é o que valor do Banco Mundial (BM) e a Agência Francesa de Desenvolvimento têm disponível para financiar, a partir de Novembro próximo, o projecto de dinamização da cadeia produtiva de agricultura comercial.