Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

04 Outubro de 2019 | 17h22 - Actualizado em 04 Outubro de 2019 | 18h17

Títulos rendem AKz 11 mil milhões no Portal do Investidor

Luanda - Cerca de 11, 3 mil milhões de kwanzas foram investidos na compra de Títulos do Tesouro através do Portal do Investidor, desde 2018, informou nesta sexta-feira, em Luanda, o técnico do departamento de Mercado da Unidade de Gestão da Dívida Pública do Ministério das Finanças, Hélder Soares.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Mercado de títulos em alta

Foto: Divulgação

Ao dissertar numa palestra sobre o Portal do Investidor, na 2ª edição da Feira do Investidor promovida pela Comissão do Mercado de Capitais (CMC), Hélder  Soares sublinhou que os valores estão repartidos em AKz 6,5 mil milhões, em bilhetes de tesouro, e AKz 4,8 mil milhões, em obrigações de tesouro.

Disse que com estes resultados, percebe-se que há mais pessoas a ter conhecimento dos instrumentos da dívida pública e a fazer investimentos alternativos,  na esperança de aumentar o número em 2020.

Em relação ao perfil dos investidores, Hélder  Soares disse que 70,88% são homens e 29,12 % mulheres, dos quais 94,87 % individuais e 5,13% institucionais.

O portal www.portaldoinvestidor.minfin.gov.ao foi lançado em Junho de 2018, pelo Ministério das Finanças.

Além desta plataforma digital, o investidor poderá comprar os Títulos do Tesouro a partir das caixas automáticas (ATM), com o cartão multicaixa, desde que seja detentor de uma conta sob custódia num dos bancos membros da Bolsa de Dívida e Valores de Angola (Bodiva).

Deve igualmente ter um capital mínimo de 50 mil kwanzas e máximo de sete milhões, para investir no mercado, além de possuir um Número de Identificação Fiscal (NIF).

Os Títulos do Tesouro representam produtos financeiros emitidos e garantidos pelo Governo, de rentabilidade pré-fixada conforme o prazo determinado para a sua maturidade.

São considerados um dos activos financeiros de menor risco da economia de um país, por se tratar de um compromisso público do Governo, pelo que o risco de incumprimento é muito reduzido ou quase nulo.

Têm como principal objectivo, cobrir a necessidade de financiamento do Estado, bem como, incentivar a poupança e captação de investimento estrangeiro.

Porém, representam um instrumento de política monetária capaz de controlar o nível das taxas de juros, a expansão monetária e, consequentemente, a inflação.

Os Bilhetes do Tesouro são produtos financeiros cuja maturidade é de curto prazo, com taxas fixas de 16,15 por cento, com uma data de vencimento de 91 dias, 20,25% para um vencimento de 182 dias e 23,90% de 364 dias.

As Obrigações do Tesouro ou Títulos do Tesouro são produtos financeiros com maturidade de médio e longo prazo, com taxas fixas de 7% para uma data de vencimento de dois anos, 7,25% para três anos, 7,50% para quatro anos e 7,75% para cinco anos.

Assuntos Finanças  

Leia também
  • 04/10/2019 16:26:30

    AGT lança selo de identificação de cobradores do IVA

    Luanda - Um selo de identificação das empresas ou contribuintes autorizados a cobrar o Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA), em vigor desde 01 de Outubro, em Angola, está ser distribuído pela Administração Geral Tributária (AGT), para evitar especulação de preços.

  • 04/10/2019 14:06:53

    IVA: SIC reforça equipa de fiscalização de preços

    Luanda - Efectivos do Serviço de Investigação Criminal vão reforçar as equipas de fiscalização dos preços de produtos, sobretudo os da cesta básica que estão a ser especulados, com o falso argumento segundo o qual há alteração da estrutura de custo, com a entrada em vigor do Imposto Sobre o Valor Acrescentado (IVA).

  • 03/10/2019 20:33:12

    AGT arrecada AKz 147 milhões no primeiro dia do IVA

    Luanda - Mais de 147 milhões de kwanzas foram arrecadados pela Administração Geral Tributária (AGT), no primeiro dia (1 de Outubro) de cobrança do Imposto Sobre o Valor Acrescentado (IVA).