Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

23 Janeiro de 2020 | 20h13 - Actualizado em 24 Janeiro de 2020 | 09h22

Repartição Fiscal tem disponíveis mais de 14 mil selos de taxa de circulação

Lubango - Pelo menos 14 mil e 240 selos estão disponíveis para serem comercializados pela Repartição Fiscal do Lubango para pagamento da taxa de circulação, referente ao ano de 2019.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Huila:Delegação das Finanças da Huíla

Foto: Morais Silva

Em 2019 foram disponibilizados 18 mil, referente a taxa de circulação de 2018.

A taxa, que começou a ser cobrada no dia 17 do corrente, vai ser paga até 30 de Abril do ano em curso, posteriormente a este período acontece a cobrança coerciva, em que se acresce mais 50% do valor real, como multa do não pagamento no período normal.

A informação foi avançada hoje, nesta cidade, pelo chefe da repartição fiscal do Lubango, Zacarias Livongue, afirmando que os selos estão disponíveis em quantidades suficientes para atender a demanda do município.

Para além da repartição local, o responsável disse que os automobilistas podem fazer o pagamento da taxa em alguns agentes autorizados como os bancos de Fomento Angola e o Sol, assim como a empresa Procenter.

Destacou que os motociclistas são os que menos adquirem os selos de circulação, pois embora estejam sujeitos a obrigação do pagamento da taxa.

A taxa de circulação para motociclos oscila entre mil e 850 kwanzas e 3 mil e 50 kwanzas, de acordo com a cilindragem. Já para os automóveis ligeiros, o valor está fixado entre 3 mil e 300 kwanzas a 9 mil e 200, enquanto para os pesados os selos variam de 10 mil e 450 a 15 mil e 350.

Leia também
  • 22/01/2020 13:29:42

    Seca mata mais de cinco mil bovinos na Huíla

    Lubango - Cinco mil e 654 cabeças de gado bovino morreram em 2019, na província da Huíla, vítimas de doenças provocadas pela seca severa que afectou os municípios dos Gambos, Chibia, Matala, Jamba, Lubango e Quipungo, revela um relatório do gabinete provincial da agricultura, pecuária e pescas.

  • 21/01/2020 13:37:30

    Ministério forma guias turísticos para promover aviturismo

    Lubango - Pelo menos 20 jovens da aldeia do soba da Fenda da Tundavala iniciaram hoje uma formação de acção para se tornarem nos primeiros guias turísticos, no âmbito da promoção do aviturismo, naquela que é tida como uma zonas de sete dos 15 tipos de aves que só existem em Angola.

  • 20/01/2020 22:11:00

    Huíla: Vendedores querem energia e água no mercado informal do Mutundo

    Lubango - A falta de energia da rede pública, água corrente, assim como os "excessos" da fiscalização e insistência de alguns comerciantes em venderem a beira das estradas, são algumas das dificuldades apresentadas hoje, segunda-feira, nesta cidade por vendedores do mercado informal do Mutundo, maior do sul de Angola, fixado no Lubango, ao governador da Huíla, Luís Nunes.