Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

19 Fevereiro de 2020 | 16h16 - Actualizado em 19 Fevereiro de 2020 | 16h15

Fomento do sector privado torna sustentável dívida pública

Luanda - A contínua aposta no financiamento de entidades multilaterais (financiamento concessionais) e nos projectos que fomentam o sector privado vai permitir que a dívida pública angolana seja sustentável, considerou hoje o director nacional da Unidade de Gestão da Dívida Pública, Walter Pacheco.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Informou que a dívida financeira está avaliada em UDS 67 mil milhões, sendo a China o principal credor de Angola, com um stock avaliado em USD 23 mil milhões.

Enquanto a dívida comercial (atrasados) está entre dois a três mil milhões de dólares.

Ao falar no seminário sobre “Sustentabilidade da Dívida Pública”, referiu que ao contrário do OGE/2020 que destinou mais de 50% da despesa ao pagamento da dívida, nos próximos anos (2021 a 2023), o serviço médio da dívida estará abaixo de USD 10 mil milhões.

Justificou que houve uma redução da dívida pública de USD 75 mil milhões em 2017, para 67 mil milhões no final de 2019.

Afirmou que em 2016, Angola contraiu uma dívida  de USD 26 mil milhões, tendo considerado o ano que se contraiu mais dívida.

Ao se referir à dívida comercial, afirmou que se pretende liquidar até 2021, incluindo uma componente de entidades não residentes.

Assuntos Finanças  

Leia também
  • 17/02/2020 12:58:53

    AGT colecta AKz 89 mil milhões no sector mineiro

    Luanda - A Administração Geral Tributária (AGT) arrecadou, de 2015 a 2019, receitas fiscais contabilizadas em 89 mil milhões de kwanzas, resultantes da actividade mineira no país.

  • 12/02/2020 17:52:44

    AGT colecta em 40 dias mil milhões de kwanzas com taxa de circulação

    Luanda - Mil milhões de kwanzas, dos AKZ 4,8 mil milhões previstos, já foram arrecadados pela Administração Geral Tributária (AGT), resultantes da cobrança voluntária da taxa da circulação 2019 que decorre desde 01 de Janeiro.

  • 11/02/2020 17:20:32

    AGT proíbe facturas e documentos com referência de 2019

    Luanda - A Administração Geral Tributaria (AGT) está a proibir, para o exercício de 2020, a utilização de facturas ou documentos equivalentes impressas em tipográficas com referência ao ano económico de 2019, soube a Angop.