Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

13 Março de 2020 | 17h54 - Actualizado em 13 Março de 2020 | 17h53

Empresas devem à Angola Telecom mais de AKz 257 milhões

Lubango - Empresas públicas e privadas na província da Huíla devem, desde 2014 até agora, à Angola Telecom, 257,2 milhões de kwanzas.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Huíla: Lino Inocêncio Cavanda

Foto: José Filipe

Deste valor 75,6 por cento (200 milhões) faz parte da dívida contraída pelo sector empresarial, informou hoje à ANGOP, no Lubango, o director provincial da Angola Telecom, Lino Inocêncio Cavanda.

Afirmou que até ao momento a empresa conta com dois mil e 417 clientes, dos quais, 702 são empresas e os restantes particulares.

Ainda assim, segundo a fonte, a empresa facturou nos últimos 14 meses  94 milhões, 914 mil e 91 kwanzas, menos três milhões, 444 mil e 556 Kwanzas, comparativamente ao igual período anterior.  

Entretanto, a Angola Telecom criou uma equipa de cobrança para negociar com os devedores, de modo a recuperar, até ao final do ano, pelo menos 50 por cento do valor em dívida.

Até gora, já foram recuperados 40 milhões de kwanzas.

A Angola Telecom é detentora de uma licença global para exploração de vários serviços, com destaque para telefonia móvel.

Desde 2010 que a Angola Telecom tem em curso um processo de reestruturação que culminará com a sua privatização parcial em 45%.

Angola Telecom é uma empresa pública criada pelo Decreto nº 10/92 de 6 de Março como resultado da fusão das antigas empresas estatais ENATEL e EPTEL.

 

Leia também
  • 13/03/2020 13:41:54

    Taxa de circulação gera mais de AKz 24 milhões

    Lubango - Três mil e 453 selos de taxa de circulação, correspondentes a 27 por cento da quantidade disponibilizada, foram comercializados de 13 de Janeiro a presente data nas províncias da Huíla e do Namibe, afectas à 5ª Região da Administração Geral Tributária (AGT), que arrecadou 24 milhões, 76 mil e 600 Kwanzas.

  • 12/03/2020 18:13:06

    BNA quer mais divulgação do sistema financeiro

    Lubango - O Banco Nacional de Angola (BNA) reconhece existir ainda alguma deficiência de informação no relacionamento das pessoas com o sistema financeiro, declarou hoje a sub-directora do departamento de Inclusão Financeira do Banco Central, Margareth da Silva.

  • 12/03/2020 13:09:09

    EDA recebe veículos motorizados

    Cacula - Cinco viaturas e 20 motorizadas todo terreno foram entregues hoje aos responsáveis e técnicos das Estações de Desenvolvimento Agrário ( EDAS) dos municípios de Cacula, Caconda, Caluquembe, Chicomba e Chipindo, no âmbito do projecto de Desenvolvimento da Agricultura e Comercialização (SAMAP).