Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

24 Setembro de 2020 | 11h47 - Actualizado em 24 Setembro de 2020 | 15h35

Cooperativas do Bengo e BDA assinam acordo

Caxito - Dezoito cooperativas da província do Bengo assinaram nesta quarta-feira, em Caxito, um memorando de entendimento para beneficiarem de crédito do Banco de Desenvolvimento de Angola (BDA), no âmbito das medidas de alívio do impacto económico provocado pela pandemia da covid - 19.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Feira da Banana`2019 no Bengo

Foto: Mário Francisco

As cooperativas prevêem beneficiar de um crédito bancário que vai entre AKz 50 a 150 milhões, dependendo dos resultados das negociações finais com a instituição bancária.

Das 18 cooperativas, sete são do município do Dande, quatro do Ambriz, três dos Dembos, duas de Nambuangongo, uma de Bula Atumba e outra do Pango Aluquém.

No âmbito do alinhamento dos Operadores Comerciais e de Distribuição (OCDs), uma empresa das onze previstas do Bengo viu já o seu projecto aprovado pelo BDA, no valor de AKz 32 milhões

Dos 54 produtos agrícolas inscritos no Prodesi - Açúcar, Arroz, Carne seca de vaca, Farinha de trigo, Feijão, Fuba de bombó, Fuba de milho, Leite, Massa esparguete, Óleo alimentar de soja, Sal comum, Ovos; Mandioca, Tomate; 23. Cebola, Banana, Tilapia (cacusso), Carapau do Cunene, Sardinella aurita (lambula), entre outros - a província do Bengo está identificada com as produções de banana, abacaxi, tilápia, mandioca, feijão, milho e cebola.

Assinaram o memorando de entendimento os Gabinetes provinciais da Agricultura e Pescas, do Desenvolvimento Económico Integrado, o Instituto Nacional de Apoio às Pequenas e Médias Empresas (INAPEM) e o Instituto de Desenvolvimento Agrário (IDA).

Em declarações à imprensa, a directora do Gabinete para o Desenvolvimento Económico Integrado do Bengo, Fátima Sebastião, explicou que após este acto o Ministério da Economia e Planeamento vai, com o BDA, analisar e decidir com as cooperativas o valor a receber, bem como o período de reembolso previsto para dois anos.

Já o vice-governador provincial do Bengo, para o sector Político, Económico e Social, José Francisco Bartolomeu Pedro, exigiu maior rigor dos beneficiários na gestão dos valores a serem disponibilizados pelo BDA.

O governante pediu às cooperativas empenho, dedicação e alto sentido de responsabilidade para que possam alavancar a economia do país.

Enquanto isso, a representante da cooperativa “Impulso dos Densos”, Bela Malaquias, afirmou que o crédito vai ajudar os agricultores com pagamento dos trabalhadores, aumentar das áreas de cultivo e aquisição de inputs agrícolas.  

Assuntos Província » Bengo  

Leia também
  • 12/09/2020 15:52:41

    NovagroLider produz mais de 58 mil toneladas de frutas

    Caxito - A Fazenda NovagroLider, na província do Bengo, tem uma produção anual de cerca de 58 mil e 400 toneladas de frutas.

  • 11/09/2020 19:25:07

    Indústria potencia exportações

    Caxito - O ministro da Indústria e Comércio, Victor Fernandes, disse que o sector vai potenciar a exportação de produtos industriais, por ser uma das formas para alterar a estrutura económica do país, e uma fonte de entrada de divisas.

  • 11/09/2020 17:15:51

    Bengo recebe 30 toneladas de peixe carapau

    Caxito - A província do Bengo recebeu 30 toneladas de peixe carapau, no âmbito do plano de distribuição do pescado confiscado pelo Estado em Benguela, informou hoje o director da Agricultura e Pescas, Faustino Ngonga.