Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

12 Maio de 2018 | 16h57 - Actualizado em 12 Maio de 2018 | 14h45

Estudo prévio de cursos superiores melhora perfil de saída de quadros

Malanje - A melhoria do perfil de saída de quadros superiores passa, necessariamente, por uma análise prévia da área de formação que se pretende seguir, sem descurar a vocação de cada um, afirmou o presidente da Associação Juvenil Ciência é Vida (AJUCIV), Paulo Domingos.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Paulo Domingos, que falava à margem de um workshop sobre “O Papel das funções sociais”, que visou elucidar os jovens estudantes sobre o campo de actuação de determinadas profissões e a respectiva actuação na sociedade, acrescentou que após a formação os estudantes se tornam em bons profissionais e contribuem para a prestação de um serviço de qualidade.

Nesta conformidade, disse ser determinante que os jovens tenham cautela na escolha do curso superior a frequentar, tendo em conta que este pressuposto determinará o seu sucesso ou insucesso profissional, o que na sua visão, concorre para a troca frequente de cursos.

 “É imprescindível que o jovem goste do que vai estudar, de modo a não frustrar-se durante a formação”, acrescentou.

Durante o encontro, pedagogos, jornalistas, médicos, engenheiros, sociólogos e linguistas debruçaram-se sobre as respectivas áreas de actuação e reforçaram a necessidade da escolha de cursos com base na vocação.

Com 19 membros, a Associação Juvenil Ciência é Vida (AJUCIV) existe há um ano e está voltada à promoção de actividades académicas.

Leia também