Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

08 Julho de 2018 | 08h01 - Actualizado em 08 Julho de 2018 | 06h08

Benguela: Inauguradas novas escolas na periferia da cidade

Benguela- Duas escolas primárias, com 10 e 15 salas e capacidade de albergar 180 alunos cada, foram inauguradas, na periferia da cidade de Benguela, pelo Governando Provincial Rui Falcão, para conferir melhor condições de aprendizagem aos alunos e de trabalho aos professores.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

As infra-estruturas, co-financiadas pela ExxonMobil, fora apetrechadas com carteiras, material didactico e outros equipamentos para o ensino.

 Em declarações à imprensa, o director de Relações Públicas e Governamentais da ExxonMobil, Armando Afonso, afirmou que o aumentou do número de crianças com acesso à educação é o objectivo principal da fundação, de forma a combater a pobreza em Angola, em parceria com o Executivo.

Armando Afonso enfatizou a importância e benefícios dos estabelecimentos de ensino inuagurados para as comunidades do bairro 17 de Setembro e a Cambanda, fundamentalmente para as crianças.

As escolas primárias BG 1046 (17 de Setembro) a primeira infra-estrutura pública instalada na localidade, conta com 4.500 alunos e 60 professores, enquanto a 1087, no bairro da Cambanda, inscreve 5.000 alunos e 80 educadores.

Apelou as autoridades tradicionais, professores e alunos para a preservação e conservação destes patrimónios, visando beneficiar outras crianças. “Educação acima de tudo”, sublinhou.

Em declarações à Angop, José Januário, chefe de Repartição Municipal da Educação, informou que o governo local, em colaboração com ExxMobil, prevê a construção ainda este ano de mais escolas, para acabar com as instituições de ensino provisorias ou sem condições e garantir a escolarização de mais crianças.

Num mensagem de agradecimento,  as crianças prometeram aplicarem-se com maior afinco nos estudos de modo a salvaguardar o futuro da Nação.

Leia também
  • 19/10/2018 15:39:52

    Redução da merenda em Benguela contribui no insucesso escolar

    Benguela - A diminuição do número de alunos a beneficiarem de merenda escolar nos últimos três anos, no município de Benguela, de 24 mil (2016) para mil e 500 no presente ano lectivo, devido a crise económica que o país vive, tem contribuído para o aumento do insucesso escolar nesta região.

  • 13/10/2018 23:54:31

    Fórum da Educação quer posto de socorros para casos de desmaio em escolas do Lobito

    Lobito - A necessidade da criação de postos de primeiros socorros para os casos de desmaios em massa que afectam alunos de várias escolas primárias e secundárias da cidade do Lobito, província de Benguela, é uma das recomendações do Fórum Municipal da Educação, que encerrou neste fim-de-semana.

  • 11/10/2018 20:35:20

    Sinprof quer tempo de serviço em consideração no novo estatuto

    Benguela - O presidente do Sindicato Nacional dos professores (Sinprof), Guilherme Silva, afirmou hoje, quinta-feira, nesta cidade, que a instituição não vai aceitar a "imposição"do ministério da Educação sobre a transição para o novo Estatuto da Carreira Docente, sem considerar o tempo de serviço dos docentes.

  • 10/10/2018 13:21:21

    Sindicalistas apoiam unificação do regime remuneratório da função pública

    Benguela - Os membros da direcção executiva da Federação dos Trabalhadores da Educação, Cultura, Desporto e Comunicação Social de Angola apoiam a intenção do governo de unificar a estrutura indiciária no regime remuneratório da função pública, afirmou hoje, em Benguela, o seu secretário para a informação, Marcial Ludivino.