Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

10 Julho de 2018 | 15h04 - Actualizado em 10 Julho de 2018 | 18h28

Concurso público na Educação será realizado anualmente

Menongue - O concurso público no sector da Educação poderá ser realizado anualmente, a partir de 2019, para serem inseridos mais professores no sistema de ensino disse hoje, terça-feira, em Menongue, província do Cuando Cubango, a ministra da Educação, Maria Cândida Teixeira.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Ministra da Educação, Maria Cândida Teixeira, a distribuir provas aos candidatos do concurso público do sector do ensino, no Cuando Cubango

Foto: Armândio Morais

Maria Cândida Teixeira - ministra da educação

Foto: Armândio Morais

A governante fez esse pronunciamento quando discursava na cerimónia da abertura do concurso público na Educação/2018 a nível nacional, que vai absorver 20 mil novos professores nas 18 províncias do país.

Disse que, após um interregno de quatro anos, os concursos públicos na Educação poderão ser realizados de forma regular, anualmente, para serem recrutados mais professores, para trabalharam nas muitas escolas que estão a ser construídas pelo país.

Com admissão de novos professores, ressaltou, menos crianças ficaram sem estudar, será suprimida a carência de docentes no país e haverá melhoria da qualidade do processo de ensino.

Pediu aos candidatos que não conseguirem o apuramento neste concurso público para não ficarem desmotivados, mas devem se preparar melhor para serem admitidos nos próximos anos.

Informou que o Executivo está a criar novas formas de encontrar emprego para os jovens, por isso devem estar bem preparados para enfrentarem os desafios do país.

Apelou aos júris do concurso público no sentido de primarem o seu trabalho pela transparência e lisura para serem aprovados apenas os melhores candidatos

Lembrou que o concurso está a ser realizado todos os municípios do país e a correcção das provas serão feitas nas capitais de cada província.

Para a província do Cuando Cubango o Ministério da Educação disponibilizou mil e 203 vagas para novos professores.

Leia também
  • 10/07/2018 12:21:44

    Matala ganha cinco novas escolas

    Matala - Cinco novas escolas para o ensino primário serão construídas, este ano, no município da Matala, província da Huíla, no âmbito do Programa Integrado de Combate à Fome e Redução da Pobreza.

  • 10/07/2018 05:16:28

    Huíla: Solicitado mais empenho aos professores no ensino da matemática

    Lubango - A matemática deve ser ensinada de forma clara, permitindo que o aluno possa visualizar melhor a aplicação dos seus conceitos e não apenas obter resultados através de substituição de fórmulas, sem entender como aplicá-las, para que o ensino contribua para a reconstrução do país a todos os níveis.

  • 10/07/2018 04:16:11

    Huíla: Mais de cinco mil candidatos disputam 1.584 vagas na educação

    Lubango - Cinco mil e 375 candidatos concorrem a 1.584 vagas disponíveis no sector da educação, ciência e tecnologia da Huíla, cujo teste de admissão em concurso público acontece nesta quarta-feira, informou, no Lubango, o director do gabinete local do sector, Américo Chicote.