Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

17 Outubro de 2018 | 13h11 - Actualizado em 17 Outubro de 2018 | 13h11

Ministério da Educação disponibiliza verbas para subsídios dos alfabetizadores

Luanda - O Ministério da Educação (MED) anunciou nesta quarta-feira, em Luanda, ter disponibilizado as verbas para o pagamento dos subsídios, em atraso, dos alfabetizadores em todo país.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Trata-se de uma divida acumulada de três anos que será paga em parcelas trimestrais até a liquidação na totalidade, como forma de se devolver a motivação nos voluntários que prestam serviço no processo de alfabetização.

Em 2015 o MED controlava  19.500 alfabetizadores, número que se viu obrigado a reduzir no ano seguinte (2016) até a data presente para 9.600.

“Em virtude do cenário económico que se vive acumulou-se uma divida com os alfabetizadores desde 2015, data em que foram pagos apenas três meses dos 9 leccionados, num valor de 10 mil kwanzas mês”, explicou o director nacional da Educação de Adultos, Evaristo Pedro.

Em entrevista à Angop, o responsável informou que a ministra Cândida Teixeira orientou as direcções províncias no sentido de criarem comissões a nível dos municípios para de seguida se proceder ao levantamento e consequente pagamento dos subsídios.

O desafio da Direcção Nacional da Educação de Adultos, além do combate ao analfabetismo, é criar condições técnicas, humanas e materiais para implementar o ensino secundário de adultos em todo país.

Dados divulgados indicam que  mais de quatro milhões de angolanos, com idades compreendidas entre os 15 e os 35 anos de idade, continuam sem saber ler nem escrever.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 05/11/2018 13:40:26

    MESCTI reitera aposta na qualidade

    Luanda - A melhoria da rede de Instituições de Ensino Superior (IES), o aumento de cursos e de graduados, bem como a qualidade do ensino ministrado, com o reforço da qualidade de mestres e doutores, foi hoje, segunda-feira, realçada como uma das apostas do Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação (MESCTI).

  • 01/11/2018 08:39:31

    Relação família e escola factor de desenvolvimento integral da criança

    Luanda - O académico Álvaro da Costa apontou quarta-feira, em Luanda, a relação família e escola como factor de desenvolvimento integral da criança, por ser uma prática constante e adequada que facilita a aprendizagem dos alunos.

  • 01/11/2018 08:30:06

    Académica considera produção científica imprescindível ao crescimento social

    Luanda - A directora geral do Instituto Superior Politécnico Atlântida (ISPA ), Albertina Zacarias, defendeu quarta-feira, em Luanda, o incentivo à produção científica por ser um factor imprescindível para o crescimento sustentável de qualquer sociedade.

  • 29/10/2018 15:06:42

    Ensino Especial com olhos na igualdade de direitos

    Luanda - O Ministério da Educação (MED) promove, a partir de 2019, um conjunto de formação de professores apropriadas para o reforço do ensino especial orientando a inclusão escolar, de forma a viabilizar a sua aplicabilidade.