Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

17 Outubro de 2018 | 13h11 - Actualizado em 17 Outubro de 2018 | 13h11

Ministério da Educação disponibiliza verbas para subsídios dos alfabetizadores

Luanda - O Ministério da Educação (MED) anunciou nesta quarta-feira, em Luanda, ter disponibilizado as verbas para o pagamento dos subsídios, em atraso, dos alfabetizadores em todo país.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Trata-se de uma divida acumulada de três anos que será paga em parcelas trimestrais até a liquidação na totalidade, como forma de se devolver a motivação nos voluntários que prestam serviço no processo de alfabetização.

Em 2015 o MED controlava  19.500 alfabetizadores, número que se viu obrigado a reduzir no ano seguinte (2016) até a data presente para 9.600.

“Em virtude do cenário económico que se vive acumulou-se uma divida com os alfabetizadores desde 2015, data em que foram pagos apenas três meses dos 9 leccionados, num valor de 10 mil kwanzas mês”, explicou o director nacional da Educação de Adultos, Evaristo Pedro.

Em entrevista à Angop, o responsável informou que a ministra Cândida Teixeira orientou as direcções províncias no sentido de criarem comissões a nível dos municípios para de seguida se proceder ao levantamento e consequente pagamento dos subsídios.

O desafio da Direcção Nacional da Educação de Adultos, além do combate ao analfabetismo, é criar condições técnicas, humanas e materiais para implementar o ensino secundário de adultos em todo país.

Dados divulgados indicam que  mais de quatro milhões de angolanos, com idades compreendidas entre os 15 e os 35 anos de idade, continuam sem saber ler nem escrever.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 05/02/2019 14:48:22

    Salas "desertas" no primeiro dia de aulas

    Luanda - Várias escolas da província de Luanda registaram, na manhã desta terça-feira, um cenário de salas vazias e corredores "abarrotados", no primeiro dia de aulas do ano lectivo 2019.

  • 29/01/2019 07:57:29

    Banco Económico oferece 150 bolsas de estudo para ensino superior

    Luanda - Cento e cinquenta bolsas de estudo para o ensino superior, mais 50 em relação ao ano académico 2018, serão disponibilizadas este ano pelo Banco Económico, anunciou , nesta terça-feira, em Luanda, a instituição.

  • 28/01/2019 17:22:18

    Novos cursos do ISCED preenchem 1º dia de exames de admissão

    Luanda - Os cursos de Educação de Infância, com 40 vagas para o período regular, e Ensino Primário, com 100, sendo 40 para regular e 60 para o período pós-laboral, tiveram primazia, nesta segunda-feira, no primeiro dia de exames de acesso ao Instituto Superior de Ciências de Educação (ISCED).

  • 28/01/2019 17:18:08

    Legalizados 104 cursos superiores para o ano académico 2019

    Luanda - Cento e quatro cursos, dos 144 ilegais registados pelo Ministério do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação (MESCTI), em 2018, foram legalizados, informou, nesta segunda-feira, em Luanda, o secretário de Estado para o Ensino Superior, Eugénio Silva.