Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

18 Setembro de 2019 | 16h16 - Actualizado em 18 Setembro de 2019 | 16h16

Mais de 500 alunos da Bolonguera estudam debaixo de árvores

Benguela - Quinhentas e nove crianças, da iniciação à 4ª classe, da comuna da Bolonguera, a 65 quilómetros da sede do município do Chongoroi, na província de Benguela, estudam debaixo de árvores por falta de salas de aulas, informou, hoje, o responsável local da Educação, Fernando Chingui.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Alunos assistem aulas debaixo de árvores (arquivo)

Foto: TARCISIO VILELA

Segundo o também professor, que falava à Angop, as aulas são asseguradas por três docentes efectivos e três estagiários, oriundos da Escola de Formação de Professores do Futuro, afecta a ONG Ajuda de Desenvolvimento de Povo para Povo (ADPP-Angola).

Fernando Chingui referiu que existem várias dificuldades na comuna, como a falta de casa para os professores, de salas de aulas apetrechadas com carteiras, e lamentou o facto de haver 227 crianças fora do sistema de ensino.  

Além destas dificuldades, apontou ainda a falta de água potável, energia eléctrica e o mau estado da via de acesso.

“Praticamente temos que fazer furos para ter acesso a água, enquanto a comida compra-se na sede do Chongoroi, porque a única loja que existe aqui vende mais bebidas alcoólicas”, disse o professor.

 Apelou a instalação na localidade de equipamentos para acesso ao sinal da Rádio Nacional de Angola e à telefonia móvel, bem como a melhoria das estradas e do serviço de saúde.

A comuna de Bolonguera possui uma população estimada em 10 mil e 126 habitantes que se dedica a pastorícia e agricultura, fundamentalmente o cultivo de milho e massambala.

Camaia II ganha nova escola

Entretanto, o bairro da Camaia II, na sede do município do Chongoroi, a 150 quilómetros da sede da província Benguela, conta desde a última terça-feira (17) com um novo complexo escolar (BG 9010), com capacidade para albergar 540 alunos em dois turnos, inaugurado pelo governador provincial, Rui Falcão.

A escola do I ciclo de ensino tem seis salas de aulas, uma de professores, gabinete do director, secretaria, além de outros compartimentos, e a sua construção e apetrechamento orçou 73 milhões 999 mil 997 kwanzas e 45 cêntimos (73.999.997, 45).

Foi financiada no âmbito do Programa Municipal Integrado de Desenvolvimento Rural e de Combate a Pobreza/2019, cujas obras tiveram início em 2018.

O município do Chongoroi, com uma superfície de 6.150 quilómetros quadrados, tem 99 mil e 482 habitantes, segundo o Censo 2014. Limita-se o norte com os municípios do Caimbambo e Cubal, a sul com Quilengues (Huíla), a este Caluquembe (Huíla) e oeste com a Baía Farta e Camucuio (Namibe).

Leia também
  • 10/09/2019 11:50:00

    Falta de energia condiciona aulas em três escolas de Benguela

    Benguela - Dois mil e 963 estudantes do ensino nocturno das escolas do I ciclo, 10 de Fevereiro, BG - 1109 e BG - 1041, localizadas na cidade de Benguela, estão privados de aulas há mais de 30 dias, devido a cortes no fornecimento de energia eléctrica, apurou hoje, terça-feira, a Angop.

  • 08/09/2019 19:59:24

    Mais de 560 mil cidadãos alfabetizados em Benguela desde 2007

    Benguela - Quinhentos e 60 mil e 286 cidadãos maiores de 15 anos de idade, dos quais 396 mil e 442 mulheres, foram alfabetizados desde 2007 até a presente data, na província de Benguela, no âmbito do Programa de Alfabetização e Aceleração Escolar.

  • 16/08/2019 21:57:01

    Mercado ganha mais 320 novos licenciados

    Benguela - O Instituto Superior Politécnico de Benguela colocou hoje, sexta-feira, à disposição do mercado, nesta cidade, 320 novos licenciados em diversas especialidades, com a outorga dos respectivos diplomas.