Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Institucional

19 Abril de 2018 | 21h45 - Actualizado em 19 Abril de 2018 | 21h45

Vice-governadora de Luanda quer uma governação participativa dos cidadãos

Luanda - A vice-governadora de Luanda para o sector político e social, Ana Paula Correia Victor, solicitou hoje, quinta-feira, nesta cidade, o apoio contínuo do Ministério da Comunicação Social, na promoção de atitudes e comportamentos que motivem os cidadãos a colaborarem cada vez mais para uma governação participativa.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Ana Paula Correia Victor, vice-governadora de Luanda para sector político e social

Foto: António Escrivao

Ana Correia Victor falava na abertura do seminário regional sobre “comunicação institucional”, promovido pelo Centro de Formação da Jornalistas (CEFOJOR), dirigido a governadores, vice-governadores, administradores municipais e responsáveis dos órgãos de Comunicação Social das províncias de Luanda, Bengo, Zaire e Cabinda.

Depois de realçar a importância da comunicação institucional para uma boa governação, a responsável reconheceu que na actualidade, já não é possível governar sem a comunicação, sublinhando que o sucesso desta missão depende da forma como as organizações comunicam as suas acções.

“Por isso, o nosso alinhamento vai de encontro com iniciativas como esta, onde todos podemos aprender mais sobre como colocarmos as nossas instituições a comunicarem correctamente”, disse.

Lembrou que actualmente as instituições têm à sua disposição várias plataformas para fazer passar as suas mensagens, mas considerou os órgãos de comunicação social convencionais como parceiros indispensáveis do Governo Provincial de Luanda.  

O encontro foi presidido pelo ministro da Comunicação Social, João Melo, que falou sobre a “Reestruturação da actividade da comunicação institucional dos ministérios e governos províncias” e das acções em curso para a concretização deste desiderato.

Seguidamente, o gpovernante dissertou o tema “Discurso Jornalístico da Actualidade”, dirigida a mais de 50 profissionais da Comunicação Social das províncias de Luanda, Bengo, Cabinda e Zaire, no âmbito do ciclo de refrescamento dos jornalistas dos órgãos públicos, iniciado a 24 de Fevereiro último, em Luanda.

Leia também