Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

14 Junho de 2018 | 11h48 - Actualizado em 14 Junho de 2018 | 11h48

China: Produção industrial subiu 6,8 por cento em Maio

Pequim - A produção industrial na China registou um aumento homólogo de 6,8 por cento, em Maio, um ritmo duas décimas inferior ao registado em Abril, anunciou hoje o Gabinete Nacional de Estatísticas (GNE) chinês.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar


No conjunto dos primeiros cinco meses do ano, a produção industrial do país subiu 6,9 por cento.

A produção industrial é utilizada pelas estatísticas chinesas para medir a actividade das empresas com facturação anual superior a 20 milhões de yuan (2,5 milhões de euros).

A produção e distribuição de electricidade, energia térmica, gás e água foi a que mais cresceu no mês passado, com um aumento homólogo de 12,2 por cento.

A produção do sector dos serviços subiu 8,1 por cento, face ao mesmo mês do ano passado, e uma décima mais do que em Abril.

Segundo o GNE, as vendas a retalho na China aumentaram 8,5 por cento, em termos homólogos, para 3,04 mil milhões de yuan (403 milhões de euros).

No entanto, este indicador abrandou, face a Abril, quando subiu 9,4 por cento.

Os gastos "online" continuaram "fortes", assinalou o GNE, com um aumento das vendas de 30,7 por cento, para 3,27 mil milhões de yuan (432 milhões de euros), no período entre Janeiro e Maio.

"O consumo foi um factor económico chave para a China e contribuiu em 77,8 por cento para o crescimento económico, durante o primeiro trimestre, enquanto em 2017 representou 58,8 por cento", nota o GNE.

Assuntos China  

Leia também