Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

12 Outubro de 2018 | 10h19 - Actualizado em 12 Outubro de 2018 | 10h19

Busca internacional por assistente social que roubou milhões na Dinamarca

Copenhaga - As autoridades da Dinamarca lançaram uma busca internacional por uma funcionária pública de 64 anos de idade suspeita de ter abandonado o país com mais de 110 milhões de coroas dinamarquesas (14,7 milhões de euros) em dinheiros públicos destinados a acção social, noticiou hoje o Guardian.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A mulher, cujo nome não foi avançado pela polícia, era descrita como uma assistente social de confiança com 40 anos de trabalho, mas terá roubado aquela quantia de dinheiro ao longo de 16 anos de trabalho, segundo escreve a imprensa local, citada pelo Guardian.

“Estou profundamente chocado que tenha, aparentemente, existido um esquema com dinheiro que deveria ter ido para comunidades em necessidade. Este tipo de situação é inédita”, lamentou o ministro responsável pelos assuntos sociais, Mai Mercado.

A funcionária em questão, que acabou por ser despedida em Setembro, tinha estatuto superior dentro da organização, tendo acesso privilegiado ao sistema informático. Desde 2002 até ao ano corrente foram feitos 274 pagamentos para uma conta bancária privada.

Um procurador especializado em crimes financeiros indicou ao Politiken que as autoridades internacionais estão em alerta: “Estamos em contacto com nossos parceiros internacionais, portanto esperamos que ela seja detida e extraditada brevemente. É também muito importante que seja devolvido o máximo de dinheiro possível”.

Assuntos Polícia   Crime  

Leia também