Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

08 Novembro de 2019 | 15h40 - Actualizado em 08 Novembro de 2019 | 15h39

Sismo no Irão causou cinco mortos e 300 feridos

Teerão - O número de mortos causados por um sismo de magnitude 5,9 que atingiu o noroeste do Irão na madrugada de hoje subiu para cinco, enquanto o número de feridos já ultrapassa os 300, avançaram as autoridades locais.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Mapa do Irão

Foto: Divulgação

No início da manhã, a televisão estatal iraniana dava conta de três mortos e 20 feridos.

Segundo o Centro Sismológico do Irão, o terramoto atingiu o condado de Tark, na província iraniana do Azerbaijão Oriental às 02h17 locais, numa área que fica a cerca de 400 quilómetros de Teerão.

Mais de 40 sismos secundários sacudiram depois a região rural, situada nas montanhas Alborz, o que levou os moradores a deixar as suas casas em pânico.

O terramoto feriu pelo menos 312 pessoas, informou a televisão estatal, adiantando que apenas 13 foram hospitalizadas.

A mesma fonte referiu que foram destruídas 30 casas na zona do epicentro.

O Serviço Geológico dos Estados Unidos registou o epicentro do terramoto a 10 quilómetros de profundidade, explicando que os sismos com pouca profundidade tendem a causar mais danos.

O Irão situa-se numa região propensa a sismos e regista, em média, um terramoto por dia.

Em 2003, um sismo de magnitude 6,6 arrasou a cidade histórica de Bam, matando 26.000 pessoas.

Em 2017, um terramoto de magnitude 7 atingiu a zona ocidental do país, provocando a morte de 600 pessoas e deixando mais de 9.000 feridos.

Assuntos Internacional  

Leia também
  • 08/11/2019 15:25:51

    China perdeu 48 milionários em 2018

    Xangai - O número de milionários chineses caiu para 325 no ano passado, menos 48 do que em 2017, segundo um relatório conjunto da UBS e do PwC Billionaire Insights Report 2019, noticiou hoje a Lusa.

  • 08/11/2019 15:14:07

    Supremo brasileiro anula prisão em segunda instância e Lula poderá ser libertado

    Brasília - O Supremo Tribunal Federal (STF) brasileiro anulou hoje a possibilidade de prisão de condenados em segunda instância, alterando um entendimento adoptado desde 2016, numa decisão que poderá levar à libertação do ex-presidente Lula da Silva.

  • 07/11/2019 18:47:08

    Erdogan reitera na Hungria ameaça de "abrir as portas" aos migrantes

    Budapeste - O Presidente turco, que está em visita à Hungria, reiterou hoje a ameaça de "abrir as portas" da Europa aos refugiados sírios actualmente instalados na Turquia, exortando a comunidade internacional a apoiar o plano de repatriamento proposto por Ancara.