Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

12 Março de 2019 | 16h06 - Actualizado em 12 Março de 2019 | 17h57

Brexit pode ser perdido se deputados rejeitarem acordo, diz May

Londres - A primeira-ministra britânica, Theresa May, alertou aos parlamentares britânicos nesta terça-feira que o Brexit pode ser perdido se depois do debate desta tarde eles votarem contra o acordo de divórcio concluído com a União Europeia.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Primeira-ministra britânica, Theresa May (Foto arquivo)

Foto: Google/Divulgação

"Se o acordo não for aprovado esta tarde, o Brexit pode ser perdido", disse diante da Câmara dos Comuns.

Entretanto, um grupo influente de deputados britânicos eurocéticos, incluindo o líder do partido sindicalista DUP, da Irlanda do Norte, recomendou que se vote contra a nova versão do acordo Brexit.

"À luz de nossa própria análise jurídica e de outros, não recomendamos aceitar a moção do governo", disse o deputado conservador
Bill Cash em nome deste grupo, prejudicando ainda mais as chances de que o controverso Tratado de Retirada seja adoptado com Bruxelas.

Assuntos Parlamento  

Leia também
  • 12/03/2019 15:35:45

    Eurocâmara tira imunidade parlamentar de Jean-Marie Le Pen

    Estrasburgo, França - O Parlamento europeu suspendeu, nesta terça-feira (12), a imunidade parlamentar do eurodeputado francês Jean-Marie Le Pen, como exige a Justiça no âmbito de uma investigação sobre emprego fantasma.

  • 06/03/2019 13:06:00

    Parlamento britânico vai manter legislação laboral alinhada com a UE

    Bruxelas - A primeira-ministra britânica, Theresa May, prometeu hoje dar ao parlamento um voto sobre a nova legislação laboral adoptada pela União Europeia (UE) após a saída do Reino Unido, admitindo um alinhamento mesmo depois do Brexit, noticiou a Lusa.

  • 01/02/2019 23:58:23

    Brasil: Esquerda se divide e disputa liderança da minoria na Câmara

    Brasília - Os principais partidos de esquerda se dividiram na eleição à presidência da Câmara, nesta sexta-feira, e agora disputam para influenciar a escolha do líder da minoria - que tem direito a discursar em plenário -, evitando o isolamento completo na oposição ao governo de Jair Bolsonaro.