Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

12 Março de 2019 | 15h35 - Actualizado em 12 Março de 2019 | 15h35

Eurocâmara tira imunidade parlamentar de Jean-Marie Le Pen

Estrasburgo, França - O Parlamento europeu suspendeu, nesta terça-feira (12), a imunidade parlamentar do eurodeputado francês Jean-Marie Le Pen, como exige a Justiça no âmbito de uma investigação sobre emprego fantasma.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Os eurodeputados votaram a favor do pedido da Justiça francesa durante uma sessão plenária em Estrasburgo, no nordeste da França. Esta é a quarta vez que o Parlamento Europeu suspende a imunidade de Le Pen, que estava ausente nesta terça-feira.

Eurodeputado desde a década de 1980, o ex-líder da Frente Nacional, uma legenda rebaptizada como Associação Nacional, recorreu à sua imunidade como deputado no Parlamento Europeu para não ser alvo de investigadores anticorrupção em Junho de 2018.

A Justiça está a investigar o uso de fundos destinados à contratação de assessores na Eurocâmara para pagar o pessoal do partido de direita por vários anos.

A sua filha Marine Le Pen é alvo de investigação no mesmo caso.

Os investigadores avaliaram em cerca de 7 milhões de euros a factura deste caso.

Assuntos Parlamento  

Leia também
  • 06/03/2019 13:06:00

    Parlamento britânico vai manter legislação laboral alinhada com a UE

    Bruxelas - A primeira-ministra britânica, Theresa May, prometeu hoje dar ao parlamento um voto sobre a nova legislação laboral adoptada pela União Europeia (UE) após a saída do Reino Unido, admitindo um alinhamento mesmo depois do Brexit, noticiou a Lusa.

  • 01/02/2019 23:58:23

    Brasil: Esquerda se divide e disputa liderança da minoria na Câmara

    Brasília - Os principais partidos de esquerda se dividiram na eleição à presidência da Câmara, nesta sexta-feira, e agora disputam para influenciar a escolha do líder da minoria - que tem direito a discursar em plenário -, evitando o isolamento completo na oposição ao governo de Jair Bolsonaro.

  • 24/01/2019 09:32:59

    Presidente do Parlamento Europeu reconhece "legitimidade" de Guaidó

    Bruxelas - O presidente do Parlamento Europeu, Antonio Tajani, reconheceu hoje "legitimidade democrática" ao opositor venezuelano Juan Guaidó, que se autoproclamou Presidente interino do país, denunciando os "abusos" de Nicolás Maduro que fizeram aquele povo "passar fome e sofrer".